domingo, 27 de março de 2011

Guiné 63/74 - P8003: Parabéns a você (231): Carlos Vinhal e Eduardo Magalhães Ribeiro, os nossos queridos co-editores, fazem hoje 63 e 59 anos, respectivamente!

 ;






1. Os parabéns (sempre originais e ternurentos) do Miguel & da Giselda, o casal mais 'strelado', se não do mundo, pelo menos da nossa Tabanca Grande ('strelado', para quem chegou agora ao blogue, quer dizer  "o menos stressado") [, foto à esquerda]...


Por que hoje é dia de cantar os parabéns aos nossos dois camarigos e co-editores, Carlos Vinhal (63 anos) e Magalhães Ribeiro, ou Eduardo MR (59) (por ordem de antiguidade, que a antiguidade é um posto na tropa, como a gente dizia no tempo em que lá andou; e a propósito, não sabemos quem nasceu primeiro no dia, nem a que horas nasceram...).


Infogravuras: © Miguel Pessoa (2011) / Blogue Luís Graça & Camaradas da Guiné. Todos os direitos reservados


 2. Como a equipa de piquete (o Carlos e o Eduardo) hoje está dispensados de serviço, cabe-me a mim fazer as honras da casa... Com alguma antecedência, mandei um bilhetinho, às escondidas, a todos os/as amigos/as, camaradas e camarigos/as, registados/as na nossa Tabanca Grande, e claro à revelia dos nossos aniversariantes... O bilhetinho dizia mais ou menos isto:




 "Os nossos queridos co-editores Carlos Vinhal e Eduardo MR fazem anos no próximo dia 27... É apenas um lembrete: se os camarigos que estão mais próximos deles quiserem escrever duas palavrinhas bonitas, mandem-se as vossas contribuições até 25 de Março, para o meu endereço pessoal"...


Os menos preguiçosos mandaram-me, em devido tempo, os seus postais de parabéns, nalguns casos, com fotos e ilustrações... Os mais preguiços (mas não menos amigos do Carlos e do Eduardo) poderão mandar-lhe os parabéns, através de comentários a este poste: como sabem, é fácil e barato.


A mim, como fundador e editor deste blogue [ foto à direita,], compete-me dizer duas ou três palavras, sem pompa nem circunstância: (i) só conheci o Carlos e o Eduardo através do blogue, em 2006; (ii) ao todo, devemo-nos ter encontrado, nestes anos todos,  menos de uma dúzia de vezes (nos nossos encontros anuais, na Ameira, em Pombal, em Monte Real; nos convívios da Tabanca de Matosinhos; uma ou outra vez em Lisboa ou no Porto; no 10 de Junho, no caso do Eduardo...); (iii) telefonamo-nos  com maior ou menor regularidade, sempre que é preciso; (iv) trocamos mails de serviço; e, no entanto, (v) eu tenho a sensação de ter estado com eles na Guiné, noutra encarnação qualquer, e sermos velhos camarigos de há muitos, muitos anos...  Em suma, é este o sortilégio do nosso blogue e das pessoas que o fazem, todos os dias, que aprenderam a trabalhar em equipa, que aprenderam a apoiar-se e a respeitar-se, independentemente das suas idiossincrasias, das suas diferenças, da sua história de vida...


Da minha parte,  não tenho dúvidas que o nosso blogue (e a sua longevidade) não seria o mesmo sem o seu labor, a sua dedicação, a sua humildade, a sua capacidade organizativa, os seus contactos, a sua lealdade, o seu espírito de missão... Acho que hoje é uma boa ocasião para lhes dizer isto, em público, já que é o seu dia, o seu dia de aniversário... E fá-lo em meu nome pessoal, mas também do nosso cartógrafo-mor, o Humberto e do outro co-editor, que nos tem acompanhado ao longo destes anos, o Virgínio Briote (com a colaboração possível, nos últimos tempos, mas sempre atento, disponível, útil e afectuoso)... E ainda, se eles  (e elas) mo permitirem,  em nome de todos os demais colaboradores permanentes e, por fim, de todos os demais camaradas, amigos e camarigos que pertencem formalmente à Tabanca Grande (o nosso "batalhão").


Carlos e Eduardo:  Como eu gosto de dizer, muita saúde e longa vida, porque vocês merecem tudo!... O espumante fica para o dia 4 de Junho, se a gente não se encontrar antes, nas férias da Páscoa, lá pela Tabanca de Matosinhos!... Um xicoração também para as  vossas caras metades, Dina e Fernanda, que são umas santas. (LG).
   


3. A prenda de anos do Mário Miguéis (que não precisa de grandes apresentações: ex-Fur Mil Rec Inf, Bissau,Bambadinca Saltinho, 1970/72; bancário reformado; talentoso cartoonista; vive em Esposende) [, foto à direita,]:


Conversa a dois, “quer-se dizer…”


Zé – Este gajo dos desenhos não sabe onde tem a cara!…


Tó – Bom, quer-se dizer…


Zé – O desenho do das minas, ainda vá que não vá… Agora, o do fadista…


Tó - ???...


Zé – E onde está o acompanhamento instrumental, seu ignorante do caraças?!...


Tó – Realmente, quer-se dizer….


Zé – Se fosse eu, punha até, a acompanhá-lo, os do conservatório de Lamego, que fazem o que querem de guitarras, violas e contrabaixos. Isso sim, era um desenho do caraças!... Já imaginaste, ó Tó!, o Joaquim, à viola, o Luís – o das armas -, à guitarra, … Eia, pá, só os dois já são uma orquestra…


Tó – Sim, sim, quer-se dizer…


Zé – E mesmo o fado que o gajo lhe pôs na boca está muito mal metido. Na minha modesta opinião, não é o mais indicado para o evento.


Tó - ???...









Texto e imagem: © Mário Miguéis da Silva (2010). Todos os direitos reservados




Zé – Então não ficava melhor - e nem era preciso sair de casa – aquela composição do Joaquim, “O regresso”, também conhecida por “Ninguém quer saber de nós”, gravada no início do mês passado?... Isto é que é um fado à boa maneira lusitana!...


Tó – Sim, sim, mas na Ribeira…


Zé – Isto, sim, é um exemplo paradigmático – ouviste bem, ó Tó? – é um exemplo paradigmático do fado assente nas nossas matrizes, nas nossas raízes musicais, desde o tempo dos Afonsinhos. Está ali tudo, ali naquela letra escrita por quem tem sensibilidade e conhecimento de causa, que não é coisa que esteja ao alcance de um qualquer. É a voz do povo a cantar as nossas ancestrais penas e trabalhos, a má fortuna e o amor ar… - bom, isso já é a outra parte da temática admitida. Enfim, e em resumo, estão ali patentes as agruras desta gente martirizada ao longo dos séculos.


Tó – Sim, sim, mas na Ribeira…


Zé – Estes artistas de vanguarda ou do raio que os parta andam para aqui a adulterar tudo, já nem o fado respeitam.


Tó – É verdade, Zé, na Ribeira…


Zé - Fala duma vez, caraças!... Na Ribeira, o quê?!...


Tó - Na Ribeira, até a letra do fado do Joaquim já alteraram.


Zé – O quê?!...


Tó – Sim, sim, quer-se dizer,... alteraram, mas vem tudo dar ao mesmo…


Zé – Vem tudo dar ao mesmo?!... Que raio de conversa é essa? Anda, desembucha de uma vez por todas!


Tó – É que lhe chamam o fado do “Ninguém nos liga um c……”, dizem que é a sua nova versom.


Zé – Ninguém nos liga um c……? (!!!)


Tó – Pois é, …


Zé - Bom, bom, … esses gajos são uns indecentes do caraças, mas não é por aí que o gato vai às filhós. Agora, cantar o fado de capa,…


… à lua e à capela, onde é que já se viu?!...


Esposende, 27 de Março de 2011
Mário Migueis


4. Joaquim Mexia Alves [, foto à esquerda, ainda do tempo de Guiné, 1972/73, quando jovem e esperanço fadista]

Para o Carlos Vinhal


- Oh Carlos, vem-te deitar homem!


É a voz da Dina, altas horas da noite a chamar pelo Carlos, que agarrado ao computador, já tem os olhos em bico.
- Oh filha, o que é que tu queres? Ainda tenho aqui mil duzentas e quarenta e nove recensões de livros do Beja Santos, trezentos e vinte e dois poemas do Manuel Maia e do Mexia Alves, os últimos cento e vinte e quatro episódios da série Na Kontra, Ka Contra, do Fernando Gouveia, fora os comentários e contra comentários dos camarigos, alguns deles a precisarem de “água na fervura”!
- Está bem, homem, mas podias deixar qualquer coisa para amanhã!
- Isso é que era bom! Se não me atiro a isto hoje, amanhã tenho aí trezentos mil mails do Luís Graça a perguntar pelos textos que esta malta vai mandando, e que ele para se livrar deles, atira para cima de mim!


E lá se embrenhou outra vez o Carlos no visor e no teclado do computador a pensar com os seus botões:
- Mas que raio de mal fiz eu, para aturar isto!... Bem, pensou ele, já só publico mais quatrocentos e vinte postes e depois vou para a cama.


Mas a Dina insistia:
- Oh Carlos, tu assim dás cabo de ti!
- Oh mulher, o que é tu queres? Estes gajos não têm nada que fazer e põe-se para aqui a parir textos, como quem arrota depois de beber uma coca-cola, e “ós despois” quem paga é aqui o desgraçado!...E não sabes tudo! Ainda tenho que aturar o Mexia, com a mania de se armar em defensor do blogue, a chatear porque esta merda está a descambar para a política e sei lá mais o quê! Raios parta o homem!... Calcula bem, que aquele gajo agora até me veio chatear porque na lista dos camarigos não estava lá que o gajo tinha pertencido ao Pel Caç Nat 52. Mas o gajo julga que eu não tenho mais nada que fazer, ou quê?


Deu um murro na mesa, levantou-se, e foi dar uma mija para acalmar os nervos. No regresso passou pelo quarto e ia dizer qualquer coisa à mulher, mas reparou que a Dina já dormia a sono solto.
- Carago, pensou ele, esta já dorme, e os camelos que escreveram esta gaita toda também já devem estar a dormir, e eu aqui feito parvo a trabalhar para eles! Eu não tenho idade para isto!


De repente lembrou-se que a partir da meia-noite, (que já tinha passado), fazia anos. Olhou para o lado e para trás, para ver se não estava ninguém a ver, e começou a cantar para ele próprio:
- Parabéns para mim,
nesta data querida,
muitas felicidades,
muitos anos de vida!


Hoje é dia de festa,
vou-me mas é deitar,
mando o blogue à merda,
ponho-m’a ressonar!!!


Foi então que de repente o visor do computador se iluminou, e quatrocentos e oitenta e três camarigos, atabancados na Tabanca Grande, apareceram a cantar:
- Parabéns para o Carlos,
nesta data querida,
muitas felicidades,
muitos anos de vida.


Hoje é dia de festa,
vamos lá a acordar,
já não te livras desta
tens muito que publicar!!!


Joaquim Mexia Alves
Monte Real


Para o Eduardo Magalhães Ribeiro


 Do alto do seu porte

aí temos o homem,
como um pau de bandeira
hasteando ao alto,
a sua frontalidade,
a sua sinceridade,
a sua amizade.


Ouve-se-lhe de dentro um grito,
uma revolta,
um bradar “às armas”,
porque se a guerra que foi sua,
já terminou,
o combate pela dignidade,
continua.


Outro grito ainda,
faz parte do seu viver,
é um hino,
uma vontade,
um só modo de ser,
que moldado à sua vida,
faz dele um garboso

Ranger.


Conhecem-lhe o nome,
a fala,
a firmeza,
num só corpo,
todo inteiro.


À passagem da caravana,
ladram os cães,
foge o mentiroso,
e o alcoviteiro,
porque fala o Magalhães
o tal,
que também é Ribeiro.


E aqui estou eu,
braços abertos,
sem espinhos,
(que não sou cardo),
gritando alegremente:
Parabéns para ti,
Eduardo,
meu Ranger aclamado!


Joaquim Mexia Alves
Monte Real






5. Vasco da Gama, o Tigre de Cumbijã, agora retirado em Buarcos [, foto à esquerda]: 




PARABÉNS, CAMARIGOS!


Separados por quatro exactos  anos, nasceram no mesmo dia – 27 de Março -  dois robustos meninos a quem os babados papás deram os nomes de Carlos e Eduardo, por esta ordem, pois a velhice é um posto a respeitar, não só nas fileiras do exército do nosso tempo, mas também na antiguidade no nosso Blogue.


Ambos estiveram na Guiné, o primeiro cumprindo comissão na íntegra de quase dois anos e o mais novo menos tempo, noutra altura, porventura com menor desgaste físico, mas cumprindo papel histórico de relevo ao ficar ligado ao final da guerra na Guiné.


Lá não se conheceram, tal como eu não conheci nenhum deles e se hoje, a par de mais umas centenas de camaradas, somos todos amigos e nos respeitamos, com pontuais excepções, concordando ou discordando a propósito disto ou daquilo, existe um denominador comum que cimenta essa união e amizade que a maior parte de nós comunga e que é o nosso Luís Graça e Camaradas da Guiné.


Em data de aniversário dos nossos editores não poderia dissociar neste escrito o nome do responsável por toda esta sucessão de acontecimentos que é o Luís Graça, ao ter tido a capacidade de criar a nossa Tabanca Grande, onde tantos de nós passam tanto tempo e cuja simples existência  criou laços de verdadeira amizade entre todos nós e potenciou também o aparecimento daquelas Tabanquinhas todas que vão nascendo e onde a malta se vai reunindo cada vez com maior assiduidade, porventura porque o tempo urge…


O Carlos e o Eduardo,  o primeiro  reformadinho como eu, o segundo ainda no exercício da sua profissão que o obriga por vezes a percorrer centenas de quilómetros por dia, são no seu ser e no estar pessoas diferentes, cada um com as suas características que os diferenciam, mas ambos de enorme dedicação a este excelente e generoso lugar onde vai sempre cabendo mais um.


Não interessa hoje e aqui mostrar as características de cada um dos nossos camarigos, mas antes e apenas relevar a  eficiência, dedicação e amor que ambos devotam ao nosso Blogue, sacrificando ao seu merecido descanso horas e horas que feitas de trabalho na edição e publicação dos escritos com que todos nós os brindamos, conseguem manter viva e com chama intensa a nossa Tabanca Grande.


O que pedem eles em troca?.  Nada!, quando se calhar tudo merecem, mas no mínimo uma palavrinha de agradecimento, um telefonema de quando em vez, uma mensagem com apenas um obrigado, não nos fica mal.


No dia de hoje, envolvo ambos, no mesmo abraço amigo,  o Carlos Vinhal e o Magalhães Ribeiro, tão diferentes mas tão iguais no servir, na solidariedade, na amizade, na irmandade, no interesse que devotam a esta nossa comunidade de combatentes da Guiné, personificando ambos nesta adjectivação o espírito que deve presidir ao nosso querido Blog. 


PARABÉNS CAMARIGOS e que a saúde vos acompanhe. Vasco






6.  António Graça de Abreu, o mais sínico (mas não cínico...) dos nossos tabanqueiros:


Luís, caríssimo


Estou há mês e meio sem blogue, isto agora é só China. Mas regresso na próxima semana a Portugal. (...) Fiz este texto para os os anos do Vinhal e do Magalhães Ribeiro. Creio que entra no blogue.
Desde Xangai, um abraço e até breve.
António Graça de Abreu


Carlos e Eduardo:


Desde Xangai, encavalitado num dos cinco mil arranha-céus da cidade, um fortíssimo abraço de parabéns aos dois meninos Carlos Vinhal e Magalhães Ribeiro, gente boa das minhas ditosas e amadas terras do norte. Ai Porto, Porto!...


Do coração, desejo muitos mais anos de vida e que nos possamos encontrar em breve na Tabanca de Matosinhos,em Monte Real ou quem sabe, na futura Tabanca de Xangai... 


O vosso,
António Graça de Abreu




7. Fernando e Regina Gouveia [, foto à esquerda, Quinta do Paul, Ortigosa, Monte Real, Leiria,  IV Encontro Nacional da Tabanca Grande, 20 de Junho de 2009 ]:


Caro Luís: O nosso contributo para o aniversário é o que se segue.  Um abraço. Fernando Gouveia e Regina


Dia 27 de Março:


- Dia Mundial do Teatro
- Em 1513, o explorador Juan Ponce de León chega ao continente americano (Florida)
- Em 1809, começa a investida pelo exército de Soult, sobre a cidade do Porto
- Em 1845 nasce Wilhelm Rontgen, que descobriu os raios X
- Em 1863 nasce Frederick Henry Royce, co- fundador da empresa Rolls-Royce
- Em 1933 é descoberto o polietileno
- Em 1938 Juan Manuel Fangio disputa a sua primeira corrida automobilística
- Em 1945 o general Eisenhower  anuncia  a  derrota dos nazis, na frente ocidental
- Em ano indeterminado nascem os incansáveis co-editores do blogue “Luís Graça e  Camaradas da Guiné”, Magalhães Ribeiro [1952, Matosinhos] e Carlos Vinhal [1948, Vila do Conde].




8. Mário Beja Santos [, que acaba de publicar Mulher Grande] [, foto à direita,]:


Caríssimo Carlos, desejo-te saúde e abraço-te com profunda estima, admiração e gratidão. É verdade que quem corre por gosto não cansa, mas às vezes fico a magicar o que é estar aí na sala das máquinas a cozer e a bordar o que chega à posta restante. Sei que cumpres com desvelo essa arte esdrúxula de pespontar, refinar e adereçar, é labor que requer persistência e uma curiosidade que me escapa. Todos os dias embalas este berço e não deve ser fácil ser simultaneamente contra-regra, grumete, contra-almirante e co-editor. Que o Senhor de Matosinhos te proteja são os votos deste impenitente que tanto te aprecia, Mário




9. Augusto Silva  Santos, ex-Fur Mil da CCAÇ 3306/BCAÇ 3833, Pelundo, Có e Jolmete, 1971/73 [ foto à esquerda,]

Do Dubai, onde me encontro de visita a familiares (mas sempre com Portugal no pensamento), não quero esquecer esta data e enviar-vos um grande e forte abraço com votos de feliz aniversário e que tudo vos corra pelo melhor junto dos vossos familiares e amigos. Até breve. Augusto Silva Santos


10. José Martins [, o nosso Sherlock Holmes, incansável pesquisador de arquivos] e sua esposa, Manuela, presença habitual nos nossos encontros:


Parabéns aos Co-editores


Como a antiguidade é um posto, comecemos pelo Carlos:


Oficialmente conheci o Carlos em 14 de Outubro de 2006, a ele e à sua Dina, que foram, por mérito próprio, o casal do ano (2010). Casal afável fazia/faz amigos com muita facilidade, o que lhe(s) traz amizades merecidas.


Sobre o Eduardo, rapaz muito mais novo, tive conhecimento da sua existência ao ler as NOTICIAS DO MILÉNIO, em que relata o facto de ter sido o militar português que arriou a última Bandeira Nacional na Guiné.


Para ambos, votos de um dia feliz e que se repita por muitos e largos anos, connosco a enviar saudações.


Manuela e José Martins




11. Gilda Brás (Pinho Brandão, de solteira, a nossa menina de Catió que veio para Portugal aos 7 aninhos, órfã de pai) [, foto à esquerda, com o marido e a filha]:


Boa tarde Amigo Luís,


Tudo bem consigo?, nós por cá todos bem.


Queria desejar ao nosso Amigo Carlos Vinhal, um dia super feliz na companhia da sua querida Dina e de todos que o amam, com muita saúde e paz e que esta data se repita por muitos e bons anos. Um grande beijinho para ele.


Gilda Brás




 12. Felismina Costa, nossa madrinha de guerra, que virá finalmente conhecer-nos, por ocasião do nosso VI Encontro Nacional, em Monte Real, 4 de Junho de 2011 [, foto à esquerda]


Ao Carlos Vinhal


Quero desejar ao meu editor e amigo Carlos Vinhal, uma vida longa e feliz e dizer-lhe, que ele é um homem da história!


Da história, que ele e tantos de vós, (jovens que atravessaram o período de 63/74) escreveram: primeiro, no campo de batalha e hoje, preocupados em deixar o registo desse passado, para a posteridade.


Sempre a postos na direcção deste jornal, (digo blogue), "de grande tiragem", ele verifica, analisa e por fim edita, o que muitos de vós/nós escrevemos e enviamos, preocupado com a continuidade, com a qualidade, com a harmonia e satisfação de todos, por verem editado o que a sua memória registou.


Vai para o Carlos Vinhal hoje, o meu obrigada sincero, pela sua persistência, pelo seu carisma, pelo seu brio em prol do esforço colectivo, para deixar às gerações vindouras um registo tão fiel quanto possível, dum acontecimento da nossa história, aqui contado na primeira pessoa.


Peço-lhe que aceite o meu agradecimento, por este trabalho que valorizo grandemente e o meu abraço fraterno.
Felismina Costa


Ao Magalhães Ribeiro


Outro dos homens que tomaram a seu cargo, os registos das vossas memórias, desejo igualmente tudo o que de melhor a vida lhe possa oferecer.


Agradeço a sua disponibilidade, no tempo roubado ao seu descanso, (uma vez que ainda trabalha), para ajudar a guardar os registos dos acontecimentos que todos vós viveram e vos marcou indelevelmente.


Os meus parabéns por mais um aniversário:--interessante que aconteça no mesmo dia do Carlos Vinhal...Coincidências!


Para si, o meu desejo de que a vida lhe sorria sempre, pois já foi testemunha e participante, de um conflito que lhe deve ter dado uma dimensão muito precisa do valor da vida.


Peço-lhe que aceite o meu abraço fraterno.


Felismina Costa


13. Manuel Maia (,o nosso aclamado autor de História de Portugal em Sextilhas, e cuja prenda de anos para os os nossos dois aniversariantes se perdeu na blogosfera, na viagem entre a Maia e Alfragide; com as desculpas do editor aos homenageados e ao nosso camarigo, o bardo do Cantanhez e da Tabanca Grande) [, foto à direita]: 


Para os nossos aniversariantes:


De Régio, foz do Ave, a urbe amada,
por outros bem mais cedo já cantada
p`lo rico pano cré das caravelas...
Três anos pós segunda enorme guerra
foi berço de Vinhal a bela terra
de bilros e de rendas tão singelas.

Em Matosinhos vida vai encetar,
a nível de trabalho, junto ao mar,
no porto de Leixões, ali ao pé...
Aposentado dessa ocupação,
vai entregar-se de alma e coração
ao blog do Luís sobre a Guiné...

Trabalhador inato e incansável,
Carlos Vinhal, amigo formidável,
um termo desconhece que é cansaço..
Daqui o homenageio com prazer,
p`los seus 63 a merecer
um franco e muito amigo forte abraço...

É Matosinhos, terra de eleição,
(Florbela Espanca a teve de adopção)
onde Eduardo a luz primeira enfrenta...
Com primavera imberbe de seis dias,
num tempo de mar chão p`ra pescarias,
corria o ano dois após cinquenta...

Num tempo já de paz chegou à guerra,
suficiente para amar a terra,
de gente sã e ocre/amarelo chão...
Quem água da Guiné um dia prova,
não mais a olvidará até à cova,
estou certo tendes mesma opinião...

Ainda na labuta, no activo,
encontra na Tabanca um incentivo,
trabalho de feitura, co-editor...
Daqui deste "comparsa" tabanqueiro
segue um abraço ao Magalhães Ribeiro,
um`entre as quatro forças do motor...

ESTA É COMUM

Coincidência, simples mero acaso,
Vinhal e Eduardo, neste caso,
no mesmo dia optarem por nascer...
Os dois têm por traço d`união
a bela Matosinhos onde então,
um viu a luz outro o mester...



Manuel Maia


14. Também de Esposende, do nosso camarada Albino Silva:


PARABÉNS

Parabéns Carlos Vinhal 
da Tabanca co-editor
Amigo e camarada
e ainda administrador...

Te desejo tudo de bom
e por esta data querida
que seja por muitos anos 
com muita saúde e vida...

De Mansabá e em Leça 
os camaradas que tens
e eu com toda a Tabanca
a cantar-te os Parabéns...

Felicidades



PARABÉNS

É o teu Aniversário
e numa data como esta
pois assim nossa Tabanca
tem mais um Régulo em festa...

Felicidades camarada
eu te estou a desejar
para que em nossa Tabanca
continues a editar...

Desejo-te muitos anos de vida
com muita saúde então
para ti Magalhães Ribeiro
que tenhas tudo de bom.

Felicidades

Albino Silva
____________


Nota do editor:


Último poste da série > 25 de Março de 2011 > Guiné 63/74 - P7997: Parabéns a você (230): Rui Silva, ex-Fur Mil da CCAÇ 816 (Bissorã, Olossato, Mansoa, 1965/67) (Tertúlia / Editores)

Vd. também postes do ano passado:


27 de Março de 2010 > Guiné 63/74 - P6056: Parabéns a você (92): Carlos Vinhal, 62 anos, o braço direito do nosso blogue, um incansável trabalhador da nossa Tabanca Grande (Luís Graça)


27 de Março de 2010 > Guiné 63/74 - P6055: Parabéns a você (91): Eduardo José Magalhães Ribeiro, ou simplesmente o ranger MR, ou apenas o Pira de Mansoa, nosso querido camarada, amigo e co-editor: faz hoje... 58 anos!

69 comentários:

Jorge Portojo disse...

Caros amigos
M.R., VINHAL. JOÃO
Como por junto é mais barato e eu tenho mais que fazer,
aqui vão para vocês
Os meus parabens e votos de que para o ano eu tenha a mesma sanidade mental
de pelo menos fazer o mesmo.
E que vocês possam dar um txim txim tal como hoje.
Um grande abraço, camaradas
do
Jorge Portojo
Apenso uma nota em PS. O João é aquele baixinho careca da Tabanca de Matosinhos, que passa a vida no Brasil e na Guiné e trás com ele Marlboro marado, cheio de maconha.
Para mais informações, perguntar aos 7 ou 8 netos que normalmente utilizam a net, mandando o velho para o fim da lista.

Juvenal Amado disse...

Diz o ditado que a família herda-se e os amigos escolhem-se.

A amizade não se procura
Encontra-se.
Depois cultiva-se
Cuida-se como as plantas raras
Rega-se com um bom vinho
Trocam-se abraços
Trocam-se mensagens
Preocupamo-nos quando estão doentes.
Gostamos de nos encontrar amiúde
O silêncio entre amigos é ensurdecedor.
A amizade não tem preço
Por isso nunca será paga.
A verdadeira amizade talvez seja por isso
O mais alto dos sentimentos
Pois entre amigos não existe obrigação
É tudo de graça e boa vontade
Se não….
Não é amizade!
Obrigado Carlos pela tua amizade, o meu desejo é que passes um dia de aniversário muito feliz junto da tua esposa e demais familiares e que este dia, se repita por muitos e bons anos cheio de saúde e boa disposição.
Um abraço
Juvenal Amado
Ps: Aproveito aqui para te agradecer publicamente o teu cuidado e bom gosto na edição dos postes que me dizem respeito.
A titulo de exemplo, a belíssima foto que colocaste no meu poste sobre o dia da mulher.
Muito obrigado pela tua sensibilidade.

Torcat Mendonca disse...

Pois que vou dizer a estes dois amigos?

O Carlos Vinhal que me atura ao telefone ás meias ou horas inteiras a falar do Blogue e dos eteceteras.

O Eduardo que um dia me disse ao telefone, com aquela voz e palavras do Norte: oh pá tás ...com tanta cicatriz e porradas...

Eu falarei aos dois amanhã.

Com toda a minha amizade e camaradagem para Vós, Amigos do peito, que a Vida seja Longa, a decorrer como ambicionam, junto de quem amam e a Saúde, mesmo jovens como são,esteja sempre presente.

Duplo Abraço Fraterno do Torcato

Foi surpresa pois só abri agora e vi...que é?...aniversário...

Anónimo disse...

Camarigos
Carlos Vinhal e Magalhães Ribeiro
Feliz Aniversário. Parabéns.
Longa Vida.
Mantenhas
Alfa Bravo
Luís Borrega

Juvenal Amado disse...

Caro Magalhães

Quero também deixar aqui o desejo de um dia feliz junto dos teus e que ele se repita por muitos e muitos anos e que eu veja.
Como compreenderás os mimo maior é para o meu editor, se não ele corta-me as publicações.

Um abraço

Anónimo disse...

Amigo e Camarada Eduardo Magalhães.
Feliz Aniversário.Muita saúde.Mui_
tos anos de vida.Muitos sucessos pessoais e profissionais.Votos sin_
ceros do camarada Setubalense.
Carlos Nabeiro.

Anónimo disse...

Caros Camarigos
Carlos Vinhal
Magalhães Ribeiro

Parabéns pela passagem de mais um aniversário e votos de longa vida, com muita saúde e bons amigos.

Grande Abraço

Manuel Amaro

Anónimo disse...

Caros Carlos Vinhal e

Eduardo Magalhães

As minhas felicitações pela passagem de mais um Aniversário, que este dia seja feliz na companhia dos vossos familiares e amigos, e votos de longa vida com saúde, e muita paciência para continuarem a aturar os nossos “gritos de alma”, e conduzirem este blogue com o bom senso que vos caracteriza.

Um forte e duplo abraço de Parabéns!

Manuel Marinho

Anónimo disse...

Caríssimos camarigos Vinhal e Magalhães...

Isto de 'dois em um' até nem é original, mais casos destes ocorreram, mas é sempre curioso este facto de fazerem anos no mesmo dia estes dois incansáveis(?) 'trabalhadores do blogue'.

Atendendo ao 'enquadramento' que o Editor fez, aqui se perfila então um dos 'preguiçosos' para os parabenizar, forte e sinceramente, ao mesmo tempo que aproveita para publicamente agradecer a amizade e paciência, ganhas através deste veículo inigualável que constitui o nosso Blogue.

Quanto aos elogios... já existem vários, e merecidos, em comentários antes do meu, pelo que prefiro deixar a palavra aos 'mais novos'.

Apenas um pequeno àparte: tenho idéia de ter aprendido que aqueles animaizinhos de que o Carlos V. se apropriou são 'octopus', o que quer dizer que terão 8 'pernas, 'tentáculos' ou o que quiserem, sendo que só são visíveis 5 deles o que nos faz supor que o Vinhal ainda tem mais alguns 'recursos' não aproveitados....

Caros amigos, os meus parabéns!

Abraços
Hélder S.

antonio barbosa disse...

Companheiros RANGER MR e CARLOS VINHAL

Que tenham um optimo dia de aniversario e que continuem
com força e disposição para
nos presentearem com a v/ de-
dicação ao Blogue.
Bem Hajam
Um grande abraço
ANTONIO BARBOSA

Anónimo disse...

Caríssimos camarigos C.Vinhal e Magalhães Ribeiro!

Um dia à maneira, na companhia dos que vos querem, (eu, e penso que todos nós incluidos) e que o futuro vos traga saúde, paciência para nos aturarem, e vontade de de levar este "barco" por entre (às vezes)alguns escolhos.
A ambos, que tal como eu, percorremos os caminhos de Mansôa/Cutia/Mansabá, um grande abraço.

Francisco Godinho

José Barros disse...

Caros camaradas e amigos
Carlos Vinhal e Magalhães Ribeiro.

Como membro mais nova desta grande família,não posso deixar passar esta data sem agradecer a forma como foi por vós acolhido.
Desejo-vos, pois, do fundo do coração, um feliz aniversário,com muita saúde e alegria junto dos que vos são mais queridos.

Que o Senhor Jesus vos dê força, saúde e coragem para poderdes dar continuidade e este excelente trabalho.

Um grande abraço e muitas felicidades.

José Barros

Anónimo disse...

Meus caros amigos Carlos Vinhal e Magalhães Ribeiro,

Para mim seria fácil escrever estas simples palavras: parabéns pelo vosso aniversário, que se repita por muitos anos, que a saúde vos acompanhe para poderem desfrutar por muitos e bons anos a companhia dos vossos familiares e amigos.

Disse que seria fácil e assim é. Nem poderia ser de outra forma. Porém, no meu coração há um sentimento que vai muito para além do significado e simplicidade dessas palavras.

Na verdade vocês têm sido para mim muito mais que editores ou amigos que se cruzam no blogue.

Ao longo dos últimos dois anos não raras foram as vezes que trocámos correspondência que nada teve a ver com o blogue. Através dela fui-me apercebendo da amizade que se foi solidificando entre nós. As vossas palavras de encorajamento e compreensão transformaram-se em amparo nos momentos que mais precisei. Esses vossos espíritos de irmandade calam bem fundo no meu ser.

Irmãos?! De sangue não, … no respeito e na amizade creio bem que sim. É com esse espírito que a vós levanto a minha taça cheia de um “Bem-hajas”.

Com um grande e quente abraço do,
José Câmara

António Tavares disse...

Caros Camarigos
Carlos Vinhal e
Magalhães Ribeiro

Parabéns a vocês nesta data querida muitas felicidades...
Um excelente dia na companhia de amigos e familiares.
Um abraço de PARABÉNS a cada um do António Tavares
Galomaro 1970/72

Anónimo disse...

Caros amigos
Carlos Vinhal e Magalhães Ribeiro.
Desde este lindo val,nas proximidades do aeroporto Köln-Bonn,vos envio um duplo abraço de parabéns.Que este dia seja,passado da melhor maneira junto dos vossos familiares e amigos,são os votos sinceros do Caetano.Cuntima71/72.PS:Agradeço imenso todo o trabalho e dedicação,que teem feito por todos nós,neste grandioso Blogger.Sinceramente agradecido.

Anónimo disse...

Caros Amigos Carlos e MR
No que respeito a "património" fazem parte dos meus "activos" desde há cerca de 2 anos.
Afinal é graças ao vosso trabalho no blog de "Luis Graça e Camaradas da Guiné" que eu posso continuar a procurar a paz em relação a uma guerra que me marcou para toda a vida. Falo por mim mas julgo que muitos dos nossos tertulianos reconhecem em ambos dois dos fortes pilares em que nos apoiamos para recordar as nossas memórias de guerra.
Que contem muitos.
De Alcobaça com incondicional amizade,
JERO

manuelmaia disse...

POR RAZÕES QUE A RAZÃO DESCONHECE,
TENDO RESPONDIDO DE IMEDIATO AO LEMBRETE DO LUÍS DE (13 DO CORRENTE)E POSTERIORMENTE COM UMA LIGEIRA ALTERAÇÃO A UMA SEXTILHA PARA O CARLOS,(COM RESPOSTA POSITIVA DO LUÍS) PERDEU-SE NO ÉTER A MINHA HOMENAGEM AOS DOIS ANIVERSARIANTES.
AQUI VAI DE NOVO,COM UM GRANDE ABRAÇO PARA OS DOIS.


De Régio,foz do Ave, a urbe amada,
por outros bem mais cedo já cantada
p`lo rico pano cré das caravelas...
Três anos pós segunda enorme guerra
foi berço de Vinhal a bela terra
de bilros e de rendas tão singelas.


Em Matosinhos vida vai encetar,
a nível de trabalho,junto ao mar
no porto de Leixões,ali ao pé...
Aposentado dessa ocupação
vai entregar-se de alma e coração
ao blog do Luís sobre a Guiné...


Trabalhador inato e incansável,
Carlos Vinhal,amigo formidável,
um termo desconhece que é cansaço..
Daqui o homenageio com prazer,
p`los seus 63 a merecer,
um franco e muito amigo forte abraço...

É Matosinhos,terra de eleição,
(Florbela Espanca a teve de adopção)
onde Eduardo a luz primeira enfrenta...
Com primavera imberbe de seis dias,
num tempo de mar chão p`ra pescarias,
corria o ano dois após cinquenta...


Num tempo já de paz chegou à guerra,
suficiente para amar a terra,
de gente sã e ocre/amarelo chão...
Quem água da Guiné um dia prova,
não mais a olvidará até à cova,
estou certo tendes mesma opinião...


Ainda na labuta, no activo,
encontra na Tabanca um incentivo,
trabalho de feitura, co-editor...
Daqui deste "comparsa" tabanqueiro
segue um abraço ao Magalhães Ribeiro,
um`entre as quatro forças do motor...

ESTA É COMUM

Coincidência,simples mero acaso,
Vinhal e Eduardo, neste caso,
no mesmo dia optarem por nascer...
Os dois têm por traço d`união
a bela Matosinhos onde então,
um viu a luz outro o mester...

Fiquem bem neste dia tão importante para vós

manuelmaia disse...

AOBRE AS SEXTILHAS DEVO REFERIR QUE A ÚLTIMA, A COMUM, TEVE UM PEQUENO LAPSO NO ÚLTIMO VERSO JÁ QUE OMITI a luz( FICANDO COM MENOS DUAS SÍLABAS)
ASSIM SENDO, OA ÚLTIMA SEXTILHA DEVERÁ LER-SE:

Coincidência,simples mero acaso,
Vinhal e Eduardo,neste caso,
no mesmo dia optarem por nascer...
Os dois têm por traço d`união,
a bela Matosinhos onde então,
um viu a luz do dia,outro o mester.

Anónimo disse...

Olá Jovens!

Mais um ano..pois então.É bom sentir que estão vivos e que a Vida vale a pena,quando assumida com a coragem do Sonho e a determinação da Solidariedade.Que sempre possam acreditar num Futuro melhor,porque mais verdadeiro,logo mais Fraterno!
Jorge Cabral
Amigos um Grande Abraço!

Zé Teixeira disse...

Dois amigos de coração, que conheci há três/quatro anos, mas que sinto conecer há muitos anos.
Dois irmãos em ideal. Viver a vida dando algo de nós mesmos por uma causa muito nobre.Passar o testemunho às gentes vindouras de uma geração que não foi "rasca", mas se viu muitas vezes à rasca para salvar a vida numa guerra inglória para onde fomos atirados. Não por vontade própria na grande maioria dos casos, mas por um dever que nos era inculcado, diria que desde o berço, na escola, na catequese.Defender a Pátria até A`última gota de sangue.
Amigo e irmão Carlos Vinhal. Amigo e irmão Magalhães Ribeiro, hoje festejais mais um aniversário e eu feliz e contente por estar aqui convosco ( escapei, escapamos)quero dizer-vos quanto me orgulho de vos ter como companheiros de jornada.
Façam o favor de continuar a ser felizes para que consigais transbordar a vossa felicidade a todos os giram à vossa volta e aos que procuram todos os dias neste blogue, quantas vezes, força para continuarem a remar pela vida.

Abraço fraterno de parabéns. Muitos anos de vida... eu e todos nós que os contemos.
Zé Teixeira

José Marcelino Martins disse...

Queridos aniversariantes:

Tem por missão esta missiva, passe redundância da fraze, solidarizar-me convosco que, neste dia de festa, e portanto de descanso merecido, logo teriam que vir os "manda-chuvas" decretar que este dia teria apenas 23 horas, numa decisão sem contornos humanitários ou solidários, ou então já não conseguem passar sem vir aqui, qo blogue, "beber" as noções de patriotismo, amizade e camarigagem, que aqui são prova mais que provada.
Será por isto que falha noutros sectores da nossa sociedade?

Um abraço mais, nunca é demais!

Anónimo disse...

Parabéns aos dois, a minha oferta de Aniversário é que para o ano eu esteja aqui a dizer o mesmo. MAIS UM

UM ABRAÇO DO TAMANHO DA GUINÉ PARA OS DOIS

Amilcar Ventura

Manuel Reis disse...

Caros amigos Carlos Vinhal e
Magalhães Ribeiro

Sucede que dois dos nossos queridos editores resolveram nascer no mesmo dia do nosso calendário, por isso a expressão dos nossos sentimentos de carinho e agradecimento é redobrada.
Há festa na Tabanca de Matosinhos!
Parabéns!
Que seja por muitos e bons anos e sempre com muita saúde. Ah! e alguma paciência para nos tolerarem nos momentos mais truculentos.
Um abração, amigos.
Manuel Reis

mario gualter rodrigues pinto disse...

Caros aniversariante
camarigos C. Vidal e mano
E.Magalhães Ribeiro


Faço votos que tenham ambos um Feliz Aniversário, saúde e força para as adversidades da vida e desejo-vos muitas mantenhas.


Um abraço e Parabéns


Mário Pinto

Anónimo disse...

Caros camarigos,
Carlos Vinhal e
Magalhães Ribeiro

Muitos parabéns e um dia com tudo de bom.

Muita saúde!

Um grande abraço.

Depois da fórmula geral de parabéns para todos os camaradas da Guiné, quero-vos agradecer e parabenizar pelo trabalho feito em proveito de todos nós.

Aquele abraço é para cada um e bem apertado.

João Carlos Silva disse...

Caros Editores Carlos Vinhal e Magalhães Ribeiro, Parabéns e um dia Feliz. Desejo que contem muitos mais. Um abraço,

admor disse...

Peço desculpa por me ter esquecido
de assinar o meu mail.

Adriano Moreira

Luís Graça disse...

Manuel Maia, grande bardo do Cantanhez e da Tabanca Grande:

Já corrigi a monumental falha... Tenho ideia de que o teu mail, de 15 do corrente, veio sem "anexo"... Mas o mais importante é que a tua bela prenda, ditada pela tua sempre inspirada musa, tenha chegado a tempo... E já está na "montra"... Se o erro tiver sido meu, espero que me desculpes, tu e os nossos aniversariantes. Luís

Anónimo disse...

Caro Magalhães Ribeiro,

PARABÉNS pelo teu aniversário e pelo do menino Carlos. Que passem um dia repleto de felicidade na companhia dos vossos familiares.
Alguém perguntava e muito bem o que é que vocês tinham feito de mal para merecerem um castigo tão grande de aturarem tantas centenas de bloguistas, ou serão milhares? Já sei a resposta: Vocês NASCERAM neste dia, há uns anitos atrás.
Raul Albino.

Anónimo disse...

Camaradas Carlos Vinhal e Magalhães Ribeiro:
2 vizinhos 2 chefes de tabanca 2 editores do nosso blog 2 aniversariantes e 2 militares na Guiné,mas com uma diferença na parte da guerra.
Um é pira
Outro é velhinho
Um é avô
Outro é netinho.
Parabêns para os dois.
Castro

Luís Graça disse...

Do nosso camarada Luís Dias (o nosso especialista em armamento que consegie meter 3 postes no top ten...), mensagem enviada para a nossa caixa de correio, às 11h44:


Caríssimos Camarigos Carlos Vinhal e Magalhães Ribeiro

Fazer anos a um Domingo já não é para todos, que esta vida está muito cara! Não é? Hoje é um dia de festa para estes dois prezados camaradas e por isso apresento-lhes os meus mais sinceros Parabéns pelo vosso Aniversário. Que passem um dia muito feliz na companhia dos vossos familiares e amigos.

O Carlos foi quem me recebeu na nossa Tabanca Grande, quando me apresentei em 2008 e o Magalhães é também já um amigo que espero abraçar no próximo dia 10 de Junho.

Que o Futuro vos reserve muita saúde e uma vida plena de alegrias.
Felicidades sem fim para vocês

Um grande abraço
Luís Dias

António Martins Matos disse...

Caros Amigos
Muitos parabéns pelo dia de hoje, que o passem na melhor companhia, seja família, amigos, atabancados, ....
E que o evento se repita por muitos anos.
Abraços
AMM

Anónimo disse...

Parabéns(anetcipados) do nosso camarada António Rodrigues Pereira
[a.rodriguespereira52@hotmail.com]

Para eles [ Carlos e Eduardo], os meus sinceros parabéns.

Que passem esse dia junto das pessoas que mais gostam

Abração
Pereira
966475421

[ Comentário colocado pelo editor L.G]

Anónimo disse...

Aos Carlos Vinhal e Magalhães Ribeiro
votos de um dia muito feliz e um futuro longo e cheio de saúde com as respectivas famílias.
Um abraço

Anónimo disse...

O anónimo que eu não escolhi... das 2.10 sou eu-Joaquim Luís Mendes Gomes

Albino Silva disse...

Caros Camaradas e chefes desta Tabanca, Carlos Vinhal e Magalhães Ribeiro,Este Dia é vosso,estão em Festa pelo vosso Aniversário, e eu vos quero dar os Parabéns por esta data tão querida para voces, fazendo assim votos para que daqui a muitos Anos vos possa desejar o mesmo, ou seja Felicidades.
Garanto-vos que irei brindar "a Sós" uma taça de champange pela vossa Saúde.
PARABÉNS...
Albino Silva

Anónimo disse...

Amigos CV e MR
Feliz aniversario. De colheitas de anos diferentes, os meus parabens.
Vasco Ferreira

António disse...

Caros Amigos
Carlos Vinhal e Magalhães Ribeiro

Beber uma de tempos a tempos, ainda aguento, agora duas taças no mesmo dia deve dar-me tonturas.

Mas quero desejar-vos UM FELIZ ANIVERSÁRIO, junto de familiares e amigos(para cima de 4oo)e que por muitos e bons anos continuem a manter esta união de velhotes que o passado unio por outras bem fortes razões.

PARABÉNS

Um Abraço
António Paiva

Rui Silva disse...

Ainda bem que estão juntos aqui, e porquê? Porque em tenho grande consideração e admiração em ambos e não queria dizer mais a um que a outro.
Portanto, aos 27 de Março eu teria que estar presente para, nem que fosse preciso, ajudar a pôr os foguetes (ou a ir buscá-los)comemorativos de uma data muito especial para estes grandes amigos da e de toda a Tertúlia.
Desejo-vos as maiores felicidades, muitos aniversários vindouros com muita saúde e bem-estar e... já agora, com alguma pachorra para aturar esta maralha, que nem sempre é fácil.
Para a Guiné o destino levava só aqueles de uma marca especial
Um abração para ambos.
Rui Silva

ze manel cancela disse...

Para os dois meus bons camarigos, Carlos Vinhal e Magalhaes Ribeiroum grande xi coraçao de parabens,que esta data se repita por muitos e bons anos sao o meus ardentes votos

Zé Manel Cancela

Anónimo disse...

Para o Carlos Vinhal e Magalhães Ribeiro, os meus sinceros parabéns a estes incansáveius trabalhadores do blogue, por tudo que já fizeram, fazem e estou certo continuarão a fazer por todos nós.

Que este dia seja mais um de muitos que esperamos se repitam ainda.

Um grande e forte abraço de parabéns.

Belarmino Sardinha

J.Belo disse...

Caros Camaradas. Quando as distâncias säo täo grandes como todo um Continente,e muito especialmente para os que estäo continuamente rodeados de frio extremo,as palavras e gestos amigos têm sempre especial significado.Para ambos,com um grande abraco, os Votos de Parabéns.

Anónimo disse...

Caros Amigos Vinhal e MRibeiro

Neste dia em que ambos celebram mais um aniversário, desejo-vos sobretudo muita saúde, que afinal é o maior bem deste mundo.
Que o dia se tenha iniciado com muita alegria e continuado com muitas prendas e amor de todos os vossos familiares.

Carlos
Quem havia de dizer que há 40 anos, quando estava tão próximo de ti, convivendo naquele quartel de Mansabá, provavelmente ainda nem tinhamos trocado qualquer palavra, daí não te dando os parabéns e dois dias depois estávamos literalmente, "a bater com os calcanhares no traseiro" a fugir das "ameixas" do célebre 82. Parece que essa correria foi benéfica para que agora possamos celebrar mais um teu aniversário e eu te possa desejar muitas felicidades.

Caro "Pira de Mansoa"
Por mim, também utente daquele belíssimo quartel de Mansoa, estás perdoado por teres entregue em bom estado tal equipamento. Cumpriste garbosamente as ordens dos teus superiores. Se quem o recebeu, não lhe deu o melhor uso, o mal foi deles.

Para ambos um grande abração de parabéns

Jorge Picado

jteix disse...

Caros Camaradas e amigos
Carlos Vinhal
e
Magalhães Ribeiro
A ordem é arbitrária, mas...
um é mais pira que o outro e a velhice é sempre um posto.
Postos os considerandos, vamos ao que interessa, e o que interessa é que tenham um Feliz Aniversário, mais um e muitos mais daqui para a frente, mas sempre com boa saúde na companhia dos vossos queridos familiares e amigos... e na nossa também, mesmo que a "seco", e cuidado com os etílicos.
Um abraço... um não dois, dois não... muitos abraços de
PARABÉNS
cumprim/jteix

Sotnaspa disse...

Camaradas Carlos e Magalhães.

Espero não ser do ultimo, pois teêm muitos amigos, o que é uma felicidade.
De mim recebam aquele alfa bravo com muita sinceridade.
Continuem a adicionar, todos os anos mais um.

Mantenhas

ASantos
SPM 2558

Anónimo disse...

Meus Amigos Carlos e Eduardo,
Não cerece de inspiramento dar-vos os parabéns natalícios; é preciso é alembramento...
Hoje abri o computador quase por acaso e deparei-me com o desfile de gente que se congratula com a vossa felicidade. Façam lá o favor de acrescentarem um risquinho cá do JD, que vos deseja, longa vida, pena de alegrias, e que as celebrações de hoje sejam memoráveis... sem excessos,claro!
E pra remate, aí vai um grande abraço agradecido pela vossa amizade.

Joaquim disse...

Camarigo Vinhal:
Que este dia seja para ti de alegria, recordações, esperança no futuro e o reviver do dever cumprido.
Acarinha a alegria, vive cada momento com entusiasmo, força e paz.
Parabéns pelo dia de hoje, muitas felicidades , saúde e boa disposição para os dias que se seguem.
Camarigo R. Magalhães:
À medida que os anos vão passando, encontramos mais motivos para o sentimentalismo, sentido de união e camaradagem.
Agarremos com força esta amizade e num abraço quero desejar-te, hoje, pelo dia que passa muitos parabéns e para os dias seguintes, muita saúde, alegria e que cada dia se torne numa paz merecida.
Joaquim Carlos Peixoto

Jorge Fontinha disse...

Não tenho palavras para manifestar o meu apreço, por ambos.Por isso limito-me a levantar o meu cálice de Porto, aqui da Régua e que para ambos, seja o inícioi de mais uma série de pelo menos mais 40!...

Aquele abraço

Jorge Fontinha

Manuel disse...

Muitos parabéns aos aniversariantes. Muita saúde para continuarem por muitos anos a ter paciência para nos aturar. Sim, pelo menos mais 20 são garantidos.
Caros camarigos Carlos e Eduardo, tudo de bom para vós e respectivas famílias.
Um abraço amigo do
Manuel Resende

Anónimo disse...

Desejo aos meus amigos Carlos Vinhal e Magalhães Ribeiro, muitas felicidades e muitos anos de vida.
Parabéns.
Abraços
Filomena

Anónimo disse...

Caros amigos Eduardo e Carlos,desejo um feliz aniversário e que este dia se repita por muitos anos.

Um abraço

Eduardo Campos

Amsoares disse...

Aos camarigos:
Carlos Vinhal e Magalhães Ribeiro!

Desejo que passem um feliz dia de aniversário, com muita saúde, junto dos seus familiares e amigos.
Que contem muitos, com alguma qualidade de vida.

Forte abraço de PARABÉNS para ambos

Artur Soares

Anónimo disse...

Quase a findar o dia, ainda venho a tempo de mandar um grande abraço aos aniversariantes com votos de muita saúde e felicidades.
Henrique Matos

Jorge Narciso disse...

Caros Carlos e Eduardo

Um pouco ao estilo do distraido que chega quase fora de horas:
Que mais para dizer ?

Parabens, Parabens, Parabens !!!

Duplo abraço e votos de muitas repetições.

Jorge Narciso

Cesar Dias disse...

Caros amigos Carlos e Eduardo

Também em jeito de 2 em 1 aqui vai um grande abraço pelo vosso aniversário. Só vos desejo muita saúde para o resto da vida, vou erguer um medronho á vossa.
Bem hajam
César

Agostinho disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Agostinho disse...

Caramigos Carlos Vinhal e Magalhães Ribeiro, oficiais de dia ao Batalhão da Tabanca Grande,

Hoje estão dispensados, pelo nosso Comandante, ao serviço para poder passar o dia folgado e festejar com os vossos familiares o dia de aniversário.
Aos dois aniversariantes quero desejar-vos uma boa continuação e desejar-vos muitos anos de vida e muita saúde! Pois, como monsoanca quero lembrar que também palmilhei quase o mesmo, ou o mesmo, terreno, pois o meus percurso era quase sempre Mansoa – Bissau. Bissau – Mansoa e de vez em quando Mansabá.
Ao caramigo Magalhães Ribeiro , o Pira de Mansoa, o que me foi render, para poder dormir e comer no refeitório, mandou-nos embora mais cedo (BCaç 4612/72) para ficar o 4612/74.

Um abraço aos dois,
Agostinho Gaspar

Agostinho disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Luis Faria disse...

C Vinhal e M Ribeiro

O meu abraço de parabens neste vosso dia,aompanhado pelos votos de saude e independencia por mais anos.

Luis faria

Anónimo disse...

Camarigos Carlos Vinhal e Magalhães Ribeiro

Um forte abraço de parabéns,e que tenham uma vida longa com saúde e em paz.

Os meus agradecimentos pelo vosso meritório trabalho.

António Marques

Anónimo disse...

Caros Tabanqueiros Vinhal e Mag. Ribeiro:
A ambos devo muito... se mais motivos não houvesse, só a circunstância de, hoje mesmo, ter conseguido preecher, com sucesso, o questionário do CENSOS 2011, seria suficiente para vos prestar gratidão. É que foi esta coisa do blog que me estimulou a entrar nestes caminhos «difíceis» dos computadores. Na verdade muito vos admiro, respeito e presto gratidão, independentemente de, num ou noutro momento, discordar de uma ou outra opinião. Cada um de vós conheceu na Guiné um espaço e um tempo diferentes o que aliado às naturais diferenças de cada um resultam em díspares leituras da história mas, o que é relevante e merecedor do nosso respeito é o contributo generoso que desinteressadamente dedicam a todos os tabanqueiros.
Vivam bem, sejam felizes, durante muitos anos.

Anónimo disse...

Esqueci-me de assinar o comentário.

Carvalho de Mampatá

José Casimiro disse...

PARABÉNS AOS ANIVERSARIANTES

JOSE CARVALHO
GUILEJE

Hugo disse...

Caros amigos Vinhal e M Ribeiro
Só agora cheguei a casa mas ainda a tempo de vos desejar as maiores felicidades e um resto de dia em beleza.
Pró ano haverá mais
Um grande abraço do
Hugo Guerra

Silva da Cart 1689 disse...

Parabéns aos aniversariantes. Aproveito para vos manifestar a minha simpatia.Um grande abraço
do Silva

Anónimo disse...

Para ambos os Co-editores Carlos Vinhal e Magalhães Ribeiro, vão os meus sinceros votos de Feliz Aniversário, que este belo dia seja comemorado tanto quanto passível com o maior número de familiares e amigos.

Tenho o previlégio e é salutar, de ter como amigos estes dois mouros de trabalho.

Com um forte Abraço e agradecendo a vossa simpatia.
Arménio Estorninho

Carlos Vinhal disse...

José Corceiro disse:

Estimados Carlos Vinhal e Eduardo Magalhães.

Devido a ausência não pude parabenizar-vos no dia do vosso aniversário.

Desejo que tenhais passado o dia com saúde, paz e alegria, rodeados de familiares e amigos.

Expresso votos para que a saúde e a serenidade vos acompanhe, por muitos e virtuosos anos na companhia dos que vos são queridos, para que possais continuar a dedicar ao Blogue muitos dos momentos das vossas vidas, com tanta prontidão e diligência como tendes dado provas.

Obrigado e a minha admiração, pelos tempos que suprimis à companhia dos vossos familiares para que os nossos postes possam fluir com a organização e a beleza a que já nos habituaram, assim como é digno de estima as horas e horas que anulais no dia-a-dia ao vosso merecido convívio, descanso e lazer, para satisfazer os nossos pedidos.

Parabéns e felicidade.
Dois abraços.
José Corceiro

Luís Graça disse...

Ó Albino Silva, distraído com as comemorações do Dia Mundial do Teatro (e com uma série de grupos de teatro de gente talentosa e bem disposta do Porto) confesso que apanhei um susto quando vi os meus/nossos co-editores "emoldurados", e com as respectivas datas de nascimento... e a data actual: 1948-2011, 1952-2011...

Carlos e Eduardo: Truz, truz, figas, canhoto, que ainda é cedo para a fatal... notícia necrológica!... "Carpe diem", que para o ano há mais (no caso do Eduardo, leitão da e na Barraida, apanhei-o na autoestrada, a caminho do respasto, a atender o telelelé, e para mais na presençade um antigo agente da autoridade, da velhinha Brigada de Trânsito, o nosso J. Casimiro Carvalho)...

Cátia Félix disse...

Olá Amigos

Como sempre chego atrasada, mas chego :)

Muitos Parabens e muitas felicidades aos meus dois mui nobres amigos.

Beijinhos da piquena

Cátia Félix