sexta-feira, 25 de setembro de 2015

Guiné 63/74 - P15156: Convívios (711): Tabanca da Linha, Cascais, estrada do Guincho, Oitavos, a "rentrée", 5ª feira, 24 de setembro de 2015: fotos do Manuel Resende (Parte I)


Foto nº 1 > O prato de marisco que já é um ícone dos serviços de "catering" da Tabanca da Linha...  O segredo está bem guardado, diz o régulo da tabanca, o Jorghe Rosales



Foto nº 2 > O comandante Luís Pombo (Bucelas) e a sua filha Maria João Rodrigues Pombo (1): "Como é bom regressar a casa, depois de uma vida de aventuras e canseiras"...



Foto nº 3 > O comandante Luís Pombo (Bucelas) e a sua filha Maria João Rodrigues Pombo  (2): "Adoro-te, meu pai e meu comandante!"...




Foto n º 4 > A Maria João Rodrigues Pombo e o António Martins de Matos (Lisboa) (ten gen pilav ref)...  "Vocês são os meus heróis!"...


Foto n º 5  > A Maria João Rodrigues Pombo e o Avelar de Sousa (Bucelas)  (maj gen paraquedista ref, BCP 12, Bissalanca, BA 12, 1972/74; grande amigo do comandante Pombo)... 

"Pára-quedista que andas em terra: Pára-quedista  / Que andas em terra  / A tua alma encerra / Saudades do ar / E na conquista / Beijam-te as moças / Só p'ra que não ouças / Teu peito a vibrar"...


Foto nº 6 > Carlos Cruz e a esposa Irene (, moram em Paço d'Arcos)... "Que ternura!"...


Foto nº 7 > José Rodrigues  e a esposa, Maria de Lurdes (vivem em Belas): "A vida é bela!"



Foto nº 8 > Carlos Cruz, o Zé Manel Dinis e a Teresa (Cascais)... "A melhor messe que já conheci"...



Foto nº 9 > Mário Fitas e Jorge Rosales,  dois "homens grandes" da Tabanca da Linha... "Comandante, o negócio não está mau"...



Foto nº 10 > Mário Fitas e José Rosales, mano (mais novo) do Jorge... Está de perfil, a conversar com um empregado de mesa, conhecido dos Rosales... "Mesa VIP!"...


Foto nº 11 > O António Graça Abreu (à direita) (S. Pedro do Estoril) e o Manuel Rocha (Lisboa), jornalista, convidado  pelo Armando Pires (que não veio, por razões de agenda)... Segundo o fotógrafo, o Manuel Rocha "veio para ficar"... "Aqui sou o único sínico", diz o Abreu China...



Foto nº 12 > Três camaradas de Bambadinca: da esquerda para a direita, Luís R. Moreira (Mem Martins), Zé Fernando Almeida (Óbidos), António Fernando Marques  (Cascais) (estes dois últimos, ex-fur mil  da CCAÇ 12, 1969/71)... "Da peste, da fome, da guerra... e das minas, libera nos, domine!"...



Foto nº 13 >  O Marques e  a esposa Gina (Cascais), mais a esposa do Zé Fernando Almeida, a Suzel (Óbidos)... "Alinhamos sempre!",,,




Figura nº 14 >  João Martins (Lisboa), mais um camarada que veio pela primeira vez (e cujo nome me escapa)  e, à direita,   o Diniz Sousa e  Faro (São Domingos de Rana)... "O repouso do guerreiro"...


Figura nº 15 > Da direita para a esquerda: Joaquim Nunes Sequeira (Colares), Carlos António Rodrigues e César Pacheco (novos, na Tabanca da Linha, moram em S. Pedro do Estoril)... "A água de Lisboa é que é boa"...


Foto nº 16 > O Marcelino da Mata (Cacém) e o José Felício (à esquerda), o decano da Tabanca da Linha: tem nada mais nada menos do que 93 anos...  "Mais uma missão cumprida!", parece dizer ele!...



Foto nº 17  > O Marcelino, o  Diniz Sousa e Faro  e  mais um elemento novo da Tabanca da Linha... "Pois é, camaradas, nunca pensei aos 75 anos, voltar a dormir no mato!" (Marcelino da Mata, em voz "off record")


Cascais > Estrada do Guincho > Oitavos > Convívio da Magnífica Tabanca da Linha > 24 de setembro de 2015 >


1. Mais um esplêndido dia de convívio que juntou uma meia centena de tabanqueiros, jovais, bem dispostos, sempre prontos a continuar a viagem pela picada da vida fora,  mau grado as emboscadas, as minas e armadilhas, as sacanices, as deceções, as deserções, as baixas... Alguns são novos, isto é, vieram pela primeira vez... E logo prometeram ficar.

Muitos dos tabanqueiros da Linha  são membros da nossa Tabanca Grande...  Outros, mais preguiçosos, ainda não se deram ao trabalhar de fazer o seu registo... para a eternidade. É bom lembrar que a Tabanca Grande não é o panteão nacional, é muito  melhor... porque "mais vale um camarada vivo do que um herói morto"...

A lista dos tabanqueiros da Linha tem vindo a engrossar, pelo que pude ver na folha de Excel que o Manuel Resende me facultou: são perto de 130 os tabanqueiros da Linha (dos quais 110 camaradas e 20 acompanhantes). E uns mais regulares do que outros... Quase todos oriundos da Grande Lisboa (Cascais, Sintra, Oeiras, Amadora, Loures, Lisboa...) mas também os há da outra banda, de Almada até Setúbal.

Aguardamos a tradicional crónica, sempre genial e bem humorada, e (ex)pirada, do talentoso secretário da Magnífica Tabanca da Linha, o Zé Manel Matos Diniz.

A II parte (fotográfica) deste convívio seguirá  oportunamente, com a ajuda (fundamental) do empenhado, dedicado e competente fotógrafo Manuel Resende. (LG)


Fotos (e legendas): © Manuel Resende (2015). Todos os direitos reservados. [Edição e legendagem complementar: LG]

_________________

Nota do editor:

Último poste da série > 22 de setembro de  2015 > Guiné 63/74 - P15142: Convívios (710): XVII Encontro do pessoal da CCAÇ 4544, levado a efeito no passado dia 13 de Setembro de 2015, em Alcobaça (António Agreira)

3 comentários:

Bispo1419 disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Bispo1419 disse...

Luís
Na foto nº 16, na bem expressa alegria prandial, o companheiro do Marcelino é o mais velho dos tabanqueiros da Linha e dá pelo nome de Felício. Bem distante de todos os outros na idade, carrega os seus 92 anos com alegria, jovialidade e agilidade física e mental surpreendentes.
O Zé Dinis poderá dizer mais sobre o Felício.
Abraço
Manuel Joaquim

Luís Graça disse...

Obrigado, Manel Joaquim, já está corrigido!... As minhas desculpas ao nosso decano José Felício... Muita saúde para ele e longa vida!... LG