sábado, 11 de junho de 2016

Guiné 63/74 - P16191: Efemérides (229): O 10 de junho de 2016, em Belém: diz o "alfero Cabral", sempre bendito entre as mulheres, que hoje era muito mais difícil a um homem escolher a arma e a especialidade...(Mário Fitas, ex-fur mil inf op esp, CCAÇ 763, "Os Lassas", Cufar, 1965/67)



Foto nº 1  > O nosso "alfero Cabral" na Marinha ? 


Foto nº 2 > O nosso "alfero Cabral" no Exército  ? 


Foto  nº 3 > O nosso "alfero Cabral" na Força Aérea« ? 


Foto nº 4 > O O nosso "alfero Cabral" na Milícia? 


"Foto com o ex alferes de artilharia Dr. Jorge Almeida Cabral e Maldu Jaló, natural de Catió,  e que combateu comigo no sul da Guiné, fazendo parte da Milicia do João Bacar. — em Belém, Lisboa, Portugal, forte do Bom Suceeso, 10 de junho de 2016".

Fotos do Mário Fitas (ex-fur mil inf op esp, CCAÇ 763, "Os Lassas", Cufar, 1965/67).


Fotos (e legendas): © Mário Fitas (2016). Todos os direitos reservados [Edição: Blogue Luís Graça & Camaradas da Guiné]

__________________

Nota do editor:

Último poste da série > 9 de junho de 2016 >  Guiné 63/74 - P16181: Efemérides (228): Programa do Dia de Portugal, de Camões e das Comunidades, dia 10 de Junho, em Leça da Palmeira

2 comentários:

Chapouto disse...

Sejas bem vindo companheiro amigo ás comemorações do 10 de Junho como no ano anterior não apareceste este ano tocou-me a mim impossibilitado de estar presente por motivo de uma cirurgia a mão esquerda na segunda feira passada.

Um forte abraço amigo

Fernando Chapouto

Tabanca Grande disse...

Meu caro "alfero Cabral":

Não te vi, porque fugiste mal o sol começou a apertar mais. Eu fui tarde e só fui espreitar... Mas folgo em saber que os teus problemas de saúde "vão indo e vindo", ou seja. que estás melhor. Como diz o povo, a doença vem a cavalo e vá a pé...


Fizeste bem vir também espreitar a "romaria" do 10 de junho...É um local de encontro obrigatório para os "último soldados do império"... É um local "sagrado" e "simbólico", aquele... onde cada um vai (e vem) com sentimentos às vezes contraditórios...

O nosso Mário Fitas, o "lassa", registou para a posteridade as "mantenhas" que partiste com os 3 ramos das novas Forças Armadas do Portugal Democrático, representadas por 3 gentis militares, do sexo feminino... Não te estou a imaginar, na próxima encarnação, na Marinha, muito menos da Força Aérea. És demasiado terráqueo para te alistares nestas duas armas, "elitistas".,..

A ti, que és um entendido em questões do género, e sempre foste bendito as mulheres, aqui na terra, não te estou a ver, de novo fardado, a não ser como comandante do Pelotão de Caçadoras Nativas, lá nos céus... Ou melhor, e já que o poder agora é delas (a frase é tua), não te vejo como comandante do novo Pel Caç Nat, mas como "guia", "guru", "coach", "instrutor", papel que de resto já desempenhavas na tua Fá Mandinga... Ainda um dia hás de escrever um "estória cabraliana" sobre a tua tentativa, gorada por Bambadinca, de criar e formar um Pelotão de Caçadoras Nativas... Aqueles tenentes coronéis e majores que por lá
não percebiam da poda nem da psico...

Que Deus, Alá e os bons irãs te acompanhem e te livrem do raio da zona...