segunda-feira, 19 de fevereiro de 2018

Guiné 61/74 - P18333: O nosso blogue como fonte de informação e conhecimento (49): Quem são os camaradas da CCAV 2487 / BCAV 2862 (Bula, 1969/70), que assistiram aos últimos minutos de vida do trágico herói limiano António da Silva Capela (1947-1969), uma das vítimas mortais da emboscada, em 18/10/1969, no último dia da Op Ostra Amarga ? Estou a fazer a biografia deste filho de Ponte de Lima, que não pode ficar sepultado na vala comum do esquecimento na sua terra natal... (Mário Leitão)




Foto nº 2


Foto nº 3


 Foto nº 4


Foto nº 5


Foto nº 6



Foto nº 7


Foto nº 8


Foto nº 9


 Foto nº 10



Foto nº 11


 Foto nº 12


Foto nº 13



Foto nº 14

Footogramas, selecionados por Mário Leitão, do vídeo, em francês, "Guerre en Guinée" [, "Guerra na Guiné", ORTF, Paris, 1969] , hoje disponível no portal do INA - Institut national de l'audiovisuel (13' 58'').


1. Mensagem, com data de 8 do corrente, do nosso camarada: Mário Leitão [ hoje farmacêutico reformado, ex- Fur Mil na Farmácia Militar de Luanda, Delegação n.º 11 do Laboratório Militar de Produtos Químicos e Farmacêuticos (LMPQF), 1971 a 1973; residente em Ponte de Lima, membro da nossa Tabanca Grande, escritor, autor de livros como "História do Dia do Combatente Limiano" (2017) e "Biodiversidade das Lagoas de Bertiandos e S. Pedro d´Arcos" (2012).



Camarada Luís, um grande abraço!

Não sei se será possível ou oportuno pedir à nossa comunidade de grão-tabanqueiros e aos visitantes assíduos as identificações dos camaradas que aparecem nos frames do vídeo ORTF sobre a morte de ANTÓNIO DA SILVA CAPELA, ocorrida no último dia da Operação Ostra Amarga. (*)

A questão é a seguinte: estou a terminar a biografia desse herói limiano (que tem o seu nome numa rua de Loures, mas que é desconhecido em Ponte de Lima!) e gostaria de deixar para a história o maior número de referências possível!

Referir alguns dos camaradas cujos rostos aparecem no filme, seria elementar sob o ponto de vista de rigor histórico, creio eu.

De resto, a biografia do Soldado Atirador de Cavalaria António Capela (CCAV 2487) está bastante completa, havendo uma descrição cronológica dos acontecimentos desde a madrugada do dia 18/10/1969, até ao regresso ao aquartelamento, no final da tarde.

Se for possível lançar um SOS, seria muito bom!
Outro abraço, extensivo a toda a tua equipa!

Muito obrigado!


Foto nº 1 > Guiné > Região do Cacheu > Bula > CCAV 2497 / BCAV 2862  (Bula, 1969/70) > 18 de Outubro de 1969 > Dois mortos e um ferido, numa emboscada,  no decurso da Op Ostra Amarga (que ficou também ironicamente conhecida como Op Paris Match)... Os nossos camaradas foram atingidos por um LGFog inimigo.

As duas vítimas mortais foram: (i) o Henrique Ferreira da Anunciação Costa, soldado clarim n.º 03434368, natural de Ferrel,  freguesia de Atouguia da Baleia, concelho de Peniche,  que teve morte imediata; e (ii) o  António da Silva Capela, soldado atirador n.º 0721868, natural da freguesia de Cabaços, concelho de Ponte de Lima:  morreu à espera da helievacuação.  Está sepultado no cemitério de Lousa, concelho de Loures (, município onde tem também nome de rua, homenagem realizada dois anos depois, em 1971).

As NT (2 Gr Comb da CCAV 2487, comandadas pelo Capitão Cav José Sentieiro, hoje coronel ref) caem num emboscada do PAIGC... O combate é presenciado por jornalistas estrangeiros e registado em filme por uma equipa da televisão francesa... No fotograma acima (foto nº 1), as NT prestam os primeiros socorros a um dos feridos graves. Um dos militares transporta, às costas, uma fiada de granadas de LGFog 3,7...

Foto: INA - Institut National de l' Audiovisuel (2006) / Cópia pessoal de Virgínio Briote, editor jubilado do nosso blogue (*)


2. Comentário do editor LG:


Fazemos um apelo para que os nossos leitores, e em especial os da CCAV 2487 / BCAV 2862 (Bula, 1969/70), possam idenrtificar estes camaradas que estiveram envolvidos na Op Ostra Amarga. (**)

O nosso camarada Mário Leitão tem-se dedicado, de alma e coração, à indispensável e exaustiva recolha e tratamento da informação relativa aos 52 limianos, os naturais do concelho de Ponte de Lima, mortos nos TO de Angola, Guiné e Moçambique bem como no continente ou outros territórios, no cumprimento do serviço militar, no período que abarca a guerra do ultramar (1961/74).

A lista (52 nomes no total). já aqui por nós publicada.  é enriquecida com fotos e valiosas notas biográficas. Os camaradas mortos no TO da Guiné  foram assinalados a vermelho (sublinhado). Um deles foi o António da Silva Capela, sold at, CCAV 2487 (1969/70), morto em combate no decurso da Op Ostra Amarga, e cuja atroz agonia foi filmada por uma equipa da televisão francesa, de visita ao TO da Guiné.

3. Este é o vídeo mais 'pornográfico' da guerra da Guiné, passado e repassado nas nossas estações televisivas,  na Net e no cinema, muitas vezes sem um mínimo de "pudor", sem uma informação de contexto, sem citação da fonte: a helievacuação ipsylon que não chegou a tempo, a atroz agonia do sold at da CCAV 2487, António da Silva Capela, natural de Ponte de Lima, mortalmente atingido nessa emboscada, no último dia da Op Ostra Amarga, no subsetor de Bula, região do Cacheu, uma ostra amarga para Spínola, para todos nós  e para os jornalistas franceses que cobriram este acontecimento de guerra.

O vídeo, em francês, "Guerre en Guinée" [, "Guerra na Guiné", com resumo analítico, em português, no poste P2249 (*)] , está disponível no portal do INA - Institut national de l'audiovisuel (13' 58''). Foi produzido pela ORTF, a estação de televisão pública francesa, em 1969. Não o podemos reproduzir, diretamente aqui, no blogue, pro razões de direitos de autor.  Mas apelamos a que os nossos leitores o vejam ou revejam, no portal do INA.fr [clicar aqui "Guerre en Guinée"]  para melhor identificação dos nossos camaradas, cujos fotogramas constam da primeira parte deste poste, e que vão renumerados, de 2 a 14.

__________








4 comentários:

Tabanca Grande disse...

Mário:

Não será difícil identificar estes camaradas... Neste patrulhamento ofensivo, no último dia da Op Ostra Amarga, em que ocorreu a fatal emboscada, estiveram envolvidos 2 Gr Comb da CCAV 2487, comandadas pelo Capitão Cav José Sentieiro, hoje coronel reformado, a viver em Torres Novas... Espero que ainda esteja vivo e de boa cabeça, para poder reconhecer os seus homens... Já pedi ao Virgínio Briote para o contactar. Mandei igualmente um email ao seu filho José Armindo Sentieiro...

E oxalá alguns mais camaradas desta compamnhia e deste batalhão nos leiam... Sinto que a malta vai dar uma ajuda... Já pus o teu/nosso pedido também no Facebook e no G +... Por ti, e sobreto pelo nosso António da Silva Capela, vamos conseguir obter mais informação sobre os camaradas que estiveram envolvidos, e que assistiram aos últimos minutos de vida do bravo limiano Capela...

Um grande abraço para ti, de louvor e encorajamento. LG

Tabanca Grande disse...

Meu caro Mário, tem desde já em conta a preciosa informação que,a pedido do Virgínio Briote, nos deu a jornalista, cineasta e nossa grã-tabanqueira, Adriana Andringa, em 28 de outubro de 2007, sobre o "making of" do seu filme (e do Flora Gomes), "as Duas Faces da Guerra":


"vb: Tenho todo o gosto em lhe dar as informações de que disponho:

(i) Operação Ostra Amarga (dita operação Paris-Match) – 12 a 18 de Outubro de 1969.

(ii) Companhia Cavalaria 2487 [, pertencente ao BCAV 2862, Bula, 1969/70].

(iii) Por a companhia se encontrar sem capitão, foi comandada pelo então capitão e hoje coronel José Maria Campos Mendes Sentieiro, que acabara de chegar de outra missão quando foi mandado comandar essa operação, com uma companhia que não conhecia (era o comandante da CCAV 2485).

(iv) Os mortos foram António da Silva Capela, de Ponte de Lima, e Henrique Ferreira da Costa, da zona de Peniche.

(v) No nosso documentário falam, além do então capitão Sentieiro, um auxiliar de enfermeiro que assistiu aos feridos e foi louvado, Pedro Gomes, de Peniche (que, infelizmente, morreu alguns meses depois da filmagem), e um dos feridos, Leonel Martins, também de Peniche. Ambos eram, além de conterrâneos, amigos do Henrique Ferreira da Costa (que morreu).

Saudações, Diana"

https://blogueforanadaevaotres.blogspot.pt/2007/11/guin-6374-p2249-vdeos-da-guerra-2-uma.html

Anónimo disse...

Virginio Briote
20 fev 2018 10:18

Bom dia, Luís.

Já não mantenho contacto com o Cor Sentieiro há alguns anos. Pelo que acabo de ver o Coronel já tem e-mail, o que julgo ser uma boa forma de lhe endereçar o link do post e ver se ele consegue identificar alguém. Ele não era o cmdt da Cª e foi destacado para a op por ordem, julgo, do Ten-Cor Morgado. Ele é o militar com o banana na mão.

Só te respondo agora porque há dias que não abria o PC.

Abraço do V Briote

Tabanca Grande disse...

Mário:

Toma boa nota da informação que nos deu em 2007 a Diana Andringa:

(...) "No nosso documentário ["AS Duas Faces da Guerra"]. falam, além do então capitão Sentieiro, um auxiliar de enfermeiro que assistiu aos feridos e foi louvado, Pedro Gomes, de Peniche (que, infelizmente, morreu alguns meses depois da filmagem), e um dos feridos, Leonel Martins, também de Peniche. Ambos eram, além de conterrâneos, amigos do Henrique Ferreira da Costa (que morreu)." (...)


https://blogueforanadaevaotres.blogspot.pt/2018/02/guine-6174-p18333-o-nosso-blogue-como.html

Portanto, o Pedro Gomes era o 1º cabo auxiliar de enfermagem que se vê na foto nº 11 (, salvo melhor opinião). O Leonel Martins não o consigo localizar... Mas podemos pedir ajuda à Diana Andringa...

Em tempos a SIC passou em 2011, uma reportagem esta emboscada, emq ue estubveram, presentes, salvo erro, o cor Sentieiro, a Rosa Serra e o Leonel Martins (, de Peniche):

https://blogueforanadaevaotres.blogspot.pt/2011/02/guine-6374-p7734-agenda-cultural-107.html

Ab, Luis