quarta-feira, 21 de junho de 2017

Guiné 61/74 - P17494: Notícias (extravagantes) de uma Volta ao Mundo em 100 dias (António Graça de Abreu) - Parte XI: EUA:, Califórnia: San Diego, San Pedro e Long Beach, a sul de Los Angeles: 30/9 e 1/10/2016


O nosso camarada António Graça de Abreu e a esposa Hay Yuan









Parte XI (Segundo volume, p. 1-5)


Texto, fotos e legendas: © António Graça de Abreu (2017). Todos os direitos reservados. [Edição e legendagem complementar: Blogue Luís Graça & Camaradas da Guiné]



1. Continuação da publicação das crónicas da "viagem à volta ao mundo em 100 dias", do nosso camarada António Graça de Abreu, escritor, poeta, sinólogo, ex-alf mil SGE,CAOP 1 [Teixeira Pinto, Mansoa e Cufar, 1972/74], membro sénior da nossa Tabanca Grande, e ativo colaborador do nosso blogue com cerca de 190 referências.

É casado com a médica chinesa Hai Yuan e tem dois filhos, João e Pedro. Vive no concelho de Cascais. Soubemos, pelos jornais, que o João há pouco tempo andava pela China e pela Coreia do Norte...

Neste cruzeiro à volta do mundo, o nosso camarada e a sua esposa partiram do porto de Barcelona em 1 de setembro de 2016. Três semanas depois o navio "Costa Luminosa", com quase três centenas de metros de comprimento, de sair do Mediterrâneo e atravessar o Atlântico, estava no Pacífico, e mais concretamente no Oceano Pacífico, na Costa Rica (21/9/2016) e na Guatemala (24/9/2017), e depois no México (26/9/2017). 


2. Nesta II etapa da "viagem de volta ao mundo", com um mês de viagem (a primeira parte terá sido "a menos interessante", segundo o escritor), chegamos aos EUA, à costa da Califórnia:  San Diego e depois San Pedro (30/9/2016) e ainda Long Beach (1/10/2016), nos arredores de Los Angeles. [Sobre o navegador e explorador português João Rodrigues Cabrilho (Cabril, Montalegre, 1499 - Califórnia, 1543), ver aqui mais. ]

Recorde-se a mensagem que o António Graça de Abreu escreveu  aos nossos leitores, em 19 de fevereiro passado;

Companheiros e camaradas da Guiné

Depois daqueles anos de fogo, nas décadas de sessenta e setenta do século passado em que, meninos e moços, fizemos uma guerra em terras da Guiné e depois, pelo bem e pelo mal, regressámos marcados para todo o sempre, continuámos as nossas sinuosas vidas, filhos, netos, casamentos, divórcios, trabalhos e lazeres, emigração, viagens de espantar, a atravessarmos o mundo e o mundo a atravessar-nos a nós.

Com sete décadas de complexa vida, tive a sorte de viver quase nove anos fora de Portugal, derramando-me por quatro continentes. Sou dono de coisa nenhuma, mas o mundo não me é estranho.

Acabei de concretizar uma Volta ao Mundo, por alguns dos muitos mares "nunca dantes navegados", três meses e nove dias de viagem num navio ao encontro do mundo, ao encontro de mim. Fui escrevendo uns textos curtos, de lugar em lugar, simples notícias às vezes extravagantes e, por certo, inéditas.

Se tiverem paciência, leiam, acompanhem-me na viagem. Prometo não vos desiludir. Em San Diego, EUA, em Melbourne, Austrália, na Tailândia, em Cochim, Índia, em Muscate, Omã, lá encontrarão também a referência aos combatentes de outras, ou as mesmas, guerras, e a essa fantástica, exaltante e estuporada expansão dos portugueses pelo vasto mundo.
Abraço a todos,

António Graça de Abreu

________________

3 comentários:

Tabanca Grande disse...


Ora cá está, António,uma coisa que poucos dos nossos leitores deveriam: a descoberta da Califórnia,pelo português (, rijo transmontano de Cabril, Montalegre) João Rodrigues Cabrilho, ao serviço dos reis de Espanha.

Em 1542-43, o português João Rodrigues Cabrilho (e seu piloto principal Bartolomé Ferrelo, que seria espanhol,da Andaluzia),terão os primeiros europeus a explorar a costa do estado atual da Califórnia. Partindo de Espanha, Cabrilho deixou em junho de 1542 Navidad na costa oeste do México e seguiu para o norte. Chegou à baía de San Diego Bay em setembro, sendo portanto o primeiro europeu a pisar o solo do que é hoje o estado da Califórnia. Prossseguiu a viagem para norte, ao longo da costa californiana, mas terá morrido em janeiro de 1543 devido a uma infecção resultante de um braço partido. Ferrelo, o seu piloto, continuou para o norte, possivelmente alcançando a costa do Oregon em março de 1543.

Para saber mais:

http://encyclopedia.thefreedictionary.com/Juan+Rodr%EDguez+Cabrillo

Tabanca Grande disse...

Parece que o Ferrelo seria basco, nascido em Bilbau... Mas há também versões que apontam para Coimbra, Portugal... Chauvinismo à parte, "foram homens do c...!"... (Morreu no México, em 1550, sete anos depois do tuga João Rodrigues Cabrilho.)


http://famousamericans.net/bartolomeferrelo/

Anónimo disse...

O porto de São Diego também é base da maior frota piscatória portuguesa na costa oeste dos EUA.
Abraço.
José Câmara