terça-feira, 4 de julho de 2017

Guiné 61/74 - P17541: Parabéns a você (1283): Jorge Ferreira, ex-Alf Mil Inf da 3.ª CCAÇ (Guiné, 1961/63)

____________

Nota do editor

Último poste da série de 3 de Julho de 2017 > Guiné 61/74 - P17535: Parabéns a você (1282): António Nobre, ex-Fur Mil Inf da CCAÇ 2464 (Guiné, 1979/71)

11 comentários:

Tabanca Grande disse...


Jorge:

É a primeira vz que te cantam os parabéns na Tabanca Grande!... E eu fico muito feliz por isso!... Feitas as contas entraste há menos de um ano e já és um "contribuindo líquido", com 14 referências no blogue!...Publicaste um belo livro de fotografias sobre Buruntuma, e estás a trazer mais camaradas para a nossa Tabanca Grande...

Enfim, estás hoje duplamente de parabéns.

Neste dia, eu quero desejar-te muita saúde e longa vida porque tu meresces tudo!... Um abraço feraterno do Luís Graça

__________________


19 DE SETEMBRO DE 2016
Guiné 63/74 - P16502: Tabanca Grande (495): Jorge Ferreira, ex-alf mil, 3ª CCAÇ (Bolama, Nova Lamego e Buruntuma, 1961/63), nosso grã-tabanqueiro nº 728..

https://blogueforanadaevaotres.blogspot.pt/2016/09/guine-6374-p16502-tabanca-grande-495.html

Valdemar Silva disse...

Parabéns, caro Jorge Ferreira.
Felicidades e muitos anos de vida.
Valdemar Queiroz

Tabanca Grande disse...

"Periquito" no nosso blogue (, entrou em setembro passado), o Jorge é um veterano da guerra da Guiné... Já lá andava em 1961, quando muitos de nós ainda jogávamos ao pião e ao berlinde!...

E depois é uma jóia de pessoa, amigo do seu amigo, camarada do seu camarada, talentoso fotógrafo (desde adolescente!)... E sobretudo é de uma vivacidade, jovialidade, empatia e alegria de viver que contagia quem o conhece e tem o privilégio de o ter como amigo e camarada.

Obrigado, Jorge, por teres aceite o desafio de entrar nesta aventura dos amigos e camaradas da Guiné que se recusam a ir para a "vala comum do esquecimento"... Aqui vão uns versinhos (em forma de quadras populares) para o teu neto ler quando apagares, mais logo, a vela do bolo. Que Deus, Alá e os bons irãs te protejam!

Parabéns ao nosso Jorge!

Na Guiné foi bandeirante,
Até marcos pôs na fronteira,
Foi fotógrafo, comandante,
Viva o Jorge Ferreira!

Do homem grande à "beijuda",
Captou a guineidade,
E quando passou à peluda,
Lá deixou muita saudade.

Se em Buruntuma hoje chove,
É bênção, não é tormenta,
Faz o Jorge setenta e nove,
E p´ró ano fará oitenta!

Com um alfabravo do amigo e camarada Luís Graça

admor disse...

Caro Camarada Jorge Ferreira,

Muitos parabéns e um dia com tudo de bom.

Muita saúde, felicidades e um grande abraço.

Adriano Moreira

Hélder Valério disse...

Caro camarada Jorge Ferreira

Pois que seja mais um aniversário feliz!
Aqui deixo as minhas felicitações, os indispensáveis votos de boa saúde e um abraço de parabéns.

Hélder Sousa

José Marcelino Martins disse...

Abraço de parabéns.

José Botelho Colaço disse...

Parabéns continuando o ciclo saíste em 63 em 63 cheguei eu à Guiné.

Jorge Ferreira disse...

Para todos os Camaradas que me felicitaram por mais este aniversário o meu BEM HAJA e que continuem a fazê-lo por muitos e bons anos pois isso é sinal que continuamos a VIVER. Votos de Felicidades e MUITA SAÚDE.

Para o Meu Bom Amigo Luís Graça os meus agradecimentos pelas suas Generosas e Gratificantes palavras que me endereçou. Que continue com a sua Cruzada de "porta voz" de todos os "tabanqueiros" e de "Historiador" de todos aqueles que no período de 1961 / 74 estiveram mobilizados na Guiné.

Quanto ao "poema" um pequeno "senão", a divulgação da minha idade. Continuo a dizer que já ultrapassei os "50" !!!

Um Grande Abraço e dispõe deste teu Amigo

Manuel Luís Lomba disse...

Jorge
Parabéns e um abraço, do teu "herdeiro" de Buruntuma,
Manuel Luís Lomba

Tabanca Grande disse...

Meu caro Jorge:

Obrigado pelas palavras de incentivo ao "timoneiro" desta "nau"... Não há navio que se aguente no mar sem uma boa equipagem... Todos trabalhamos aqui em Equipa, não em EUquipa...

Quanto à idade, meu caro Jorge, temos que a assumir... No teu caso, ela é pública, desde que te apresentaste à Tabanca Grande, com um excerto do teu currículo na mão:

https://blogueforanadaevaotres.blogspot.pt/2016/09/guine-6374-p16502-tabanca-grande-495.html

De resto, tu és, para todos nós, um exemplo de como a gente pode ir pela picada da vida fora, contando (e cantando) os quilómetros... Como eu costumo dizer, #até aos 100 é sempre em frente!... Dos 100 para a frente,é só para o resistente e o resiliente"...

De qualquer modo, está tranquilo, as tuas "beijudas" não leem o blogue e muito menos a caixa de comentários... Boa continuação das festas!.. Luís

Anónimo disse...

Meu caro Jorge: ainda a (des)propósito da idade que, na tropa e na guerra, era um posto... A nossa geração tem um leque de idades que vai dos 65 aos 80... É só fazer as contas... Quem foi mobilizado em 61 (ou até antes) já estava, no caso dos milcianos, com 22/23... E o mesmo se passou com aqueles que fecharam a guerra... Eu fiz os 24 anos na Guiné, em 1971, nasci em 1947, tenho 70 feitos... Ab, Luís