quinta-feira, 11 de junho de 2015

Guiné 63/74 - P14729: Convívios (687): A malta da Tabanca Grande no 10 de junho de 2015, Lisboa, Belém- Parte I


Lisboa, Belém > 10 de junho de 2015 >Foto nº 1


Lisboa, Belém > 10 de junho de 2015 >Foto nº 2



Lisboa, Belém > 10 de junho de 2015 >Foto nº 3



Lisboa, Belém > 10 de junho de 2015 >Foto nº 4 > O Marcelino da Mata entre dois elementos da comissão organizadora


Lisboa, Belém > 10 de junho de 2015 >Foto nº 5 > Aspeto parcial da cerimónia


Lisboa, Belém > 10 de junho de 2015 >Foto nº 7 > O orador deste ano, o professor doutor Nuno Garoupa, especialitsa em direito e economia, e atualmente presidente da comissão executiva da Fundação Manuel dos Santos


Lisboa, Belém > 10 de junho de 2015 >Foto nº 8 > Comandos


Lisboa, Belém > 10 de junho de 2015 >Foto nº 9 > Paraquedistas



Lisboa, Belém > 10 de junho de 2015 >Foto nº 10 > Comandos


Lisboa, Belém > 10 de junho de 2015 >Foto nº 11 > Quatro representanets do batalh de Comandos africanos


Lisboa, Belém > 10 de junho de 2015 >Foto nº 12 > Um grupinho da malta da Tabanca da Linha e da Tabanca Grande


Lisboa, Belém > 10 de junho de 2015 >Foto nº 13 >O Miguel Pessoa é reconhecido por ex.para da CCP 123 / BCP 12  do seu tempo (1972/74) 


Lisboa, Belém > 10 de junho de 2015 >Foto nº 14 > O António Marques


Lisboa, Belém > 10 de junho de 2015 >Foto nº 15 > O António Marques e o Carlos Silva


Lisboa, Belém > 10 de junho de 2015 >Foto nº 16 > O Jorge Canhão e o António Marques



Lisboa, Belém > 10 de junho de 2015 >Foto nº 17 >O Humberto Reis e o António Marques



Lisboa, Belém > 10 de junho de 2015 >Foto nº 18 > O Jaime Bonifácio Marques da Silva e o Leonel Pedro Cabrita (, autor de duas obras de ficção inspiradas na sua vida como capitão miliciano em Angola: Capitães do Vento e O Último Inferno). Tal como o Jaime, foi professor de educação física.

Lisboa, Belém > 10 de junho de 2015 >Foto nº 19 > O Peças, um soldado do pelotão do Jaime, em Angola, do BCP 21


Lisboa, Belém > 10 de junho de 2015 >Foto nº 20 > Foto de grupo com malta paraquedista que esteve em Angola, o Jaime à direita. (O Jaime Bonifácio Marques da Silva é membro da nossa Tabanca Grande; desta vez sem boina verde porque a emoprestou à Rosa Serra)


Lisboa, Belém > 10 de junho de 2015 >Foto nº 21 > Alice e o Xico Allen (que já esteve duas  vezes, este ano na Guiné-Bissau e que me deu notícias lá da terra, uams boas e outars menos boas... Uma das boas foi ter encontrado postos de iluminação pública nas rias de Empada, a.alimentadas a energia solar... Umas das más, é o oportunismo de muita gente que anda a tratar da vidinha...


Lisboa, Belém > 10 de junho de 2015 >Foto nº 22 > O Araújo Alves que reconheceu o Luís Graça, da Tabanca Grande, e prometeu escrever a pedir  a sua inscrição... Pertenceu à CART 2410, Os "Dráculas"  (1968/70). Dois grã-tabanqueiros: Luís Guerreiro (que está no Canadá) e José Barros Rocha (Penafiel) 


Lisboa, Belém > 10 de junho de 2015 >Foto nº 23


Lisboa, Belém > 10 de junho de 2015 >Foto nº 24 >Dos veteraníssimos  da Tanca Grande, e da Guiné o José Colaço (que é de 1963)  e o João Parreira (que é de 1964)


Lisboa, Belém > 10 de junho de 2015 >Foto nº 25 > O fidelíssmo António Santos



Lisboa, Belém > 10 de junho de 2015 >Foto nº 26 > O Silvério Lobo, o Francisco Silva (hoje médico) e a Alice


Lisboa, Belém > 10 de junho de 2015 >Foto nº 27 > Xico Allen e Francisco Silva


Lisboa, Belém > 10 de junho de 2015 >Foto nº 28 > O José Casimiro e o Silvério Lobo... A representação do Porto veio de comboio.


Lisboa, Belém > 10 de junho de 2015 >Foto nº 29 > O Acácio Correia e a Alice




Lisboa, Belém > 10 de junho de 2015 >Foto nº 30 > Alice o Vacas de Carvalho, triste pelo gesso na mão (caiu da cama!, foi a desculpa---) e sobretudo  por não encontrar, este ano,  o "alfero Cabral"... Também faltaram camaradas que não costumam faltar como o José Martins, por exemplo...


Lisboa, Belém > 10 de junho de 2015 >Foto nº 30 As salvas da marinha


video

Vídeo (0' 22'')   > As salvas da Marinha., no final da cerimnia


Fotos (e legendas): © Luís Graça (2015). Todos direitos reservados (Edição: LG]


1. Lisboa, Belém > 10 de junho de 2015 > As primeiras fotos... Espero que o Miguel Pessoa me disponibilize as fotos que deve ter tirado, com as  nossas "meninas", as nossas camaradas enfermeiras paraquedistas que, finalmente  e muito justamente foram lembradas e homenageadas num 10 de junho ao fim destes anos todos... Mesmo que se trate do 10 de junho dos pobrezinhos (sem ofensa para ninguém...), à margem das cerimónias oficiais (que este ano decorreram em Lamego).

De qualquer modo, este é  um espaço e esta é uma data de que os antigos combatentes já se apropriaram há muito. A ocasião é sobretudo para fazer a "prova de vida" e "matar saudades"... É um dia de festa e de camaradagem entre antigos combatentes da guerra do ultramar / guerra colonial...  Há malta que vem de longe, em grupo, e vem fazer o seu piquenique à beira Tejo, à sombra inspiradora da Torre de Belém que faz agora 500 anos.... Mas notei muito menos gente do que em anos anteriores...

O fotógrafo (de ocasião) não teve acesso  ao espaço onde se concentravam as "individualidades" que presidiram a esta cerimónia, e os seus "convidados"...Vi ao longe a Arminda, a Rosa Serra, a Giselda...  pelo que são óbvias as lacunas desta reportagem fotográfica que é apenas a reportagem possível... Nestas coisas interessam-me sempre, muito mais, os bastidores e os figurantes, ou sejam, os que não irão figurar nas capas dos manuais da história... Mas as nossas enfermeiras paraquedistas, essas, fizeram história, e merecem aqui o devido destaque.

Espero que a II parte desta reportagem (possível) seja completada com fotos de outros camaradas que tiveram presentes, e que assistiram nomeadamente à homenagem às nossas queridas camaradas enfermeiras paraquedistas. (LG)

_______________

Nota do editor;

Último poste da série > 9 de junho de 2015 > Guiné 63/74 - P14721: Convívios (686): XI Encontro do pessoal da CART 1742 (Os Panteras) (Nova Lamego e Buruntuma, 1967/69), levado a efeito no passado dia 30 de Maio em Viana do Castelo (Abel Santos)

Postado por Luís Graça at 1

4 comentários:

José Marcelino Martins disse...

Neste momento, sinto-me refractário, mas de manhã não estava com o espírito necessário.
Será por fazer 45 anos do meu regresso a casa?

Miguel disse...

"Em Belém, o 10 de Junho dos pobrezinhos"?
Luís, permite-me que discorde. Afinal estivemos no espaço apropriado para os combatentes. E ainda ontem a Giselda me dizia que tinha sido muito mais gratificante para ela receber esta homenagem em Belém do que em Lamego. Afinal, ela estava rodeada daqueles que tentou ajudar a sobreviver...
Um abraço. Miguel Pessoa... e Giselda Pessoa, claro.

Luís Graça disse...

Miguel, é ironia fina, não leves a mal...

Aliás, já temos discutido aqui este hisrtórico divórcio entre as comemorações oficiais e as "paralelas"... Como viste, pus entre parênteses: "sem ofensa para ninguém"... E, de modo algum, quando falei do "10 de junho dos pobrezinhos", queria beliscar o brilho e a sinceridade da homenagem que foi prestada às nossas enfermeiras paraquedistas... Importa sublinhar isso memso, "finalmente e muito justamente foram lembradas e homenageadas num 10 de junho ao fim destes anos todos"...

Também escrevi, na legenda: (...) "este é um espaço e esta é uma data de que os antigos combatentes já se apropriaram há muito. A ocasião é sobretudo para fazer a "prova de vida" e "matar saudades"... É um dia de festa e de camaradagem entre antigos combatentes da guerra do ultramar / guerra colonial... Há malta que vem de longe, em grupo, e vem fazer o seu piquenique à beira Tejo, à sombra inspiradora da Torre de Belém que faz agora 500 anos"...

Miguel, confesso que já não ia lá há uns anos...Concordo contigo e com a Giselda: o mais importajnte não são as honrarias oficiais, mas o conforto, o apreço, o orgulho dos camaradas.

Peço-te que me mandes fotos das nossas camaradas homenageadas. Abraço grande para ti, um beijo ciom muita ternura para a Gilselda, a Rosa, a Arminda e demais camaradas a quem não ocnsegui sequer tirar uma foto.... Luis

Luís Graça disse...

Condecorados/as deste 10 de junho de 2015... Muitos doutores, poucas mulheres...e muito menos enfermeiras paraquedistas... È pena, porque estas últimas abriram as portas às outras mulheres portugueses (e não só nas Forças Armadas)...

A lista vem publicada na página oficial do grão-mestre das Ordens Honoríficas Portuguesas...


http://www.ordens.presidencia.pt/?idc=172&idi=5158

______________________--

Condecorações atribuídas pelo Presidente da República na Sessão Solene comemorativa do 10 de junho, Dia de Portugal, de Camões e das Comunidades Portuguesas, em Lamego


Prof. Doutor Fernando Teixeira dos Santos – Ordem Militar de Cristo (Grã-Cruz)
Prof. Doutor José Mariano Gago – Ordem Militar de Cristo (Grã-Cruz) – A título póstumo
Vice-Almirante José Alfredo Monteiro Montenegro – Ordem Militar de Avis (Grã-Cruz)
Tenente-General Frederico José Rovisco Duarte – Ordem Militar de Avis (Grã-Cruz)
Tenente-General PILAV António Afonso dos Santos Allen Revez – Ordem Militar de Avis (Grã-Cruz)
Mestre Querubim Lapa – Ordem de Sant’Iago da Espada (Grande-Oficial)
Dra. Fátima Cardoso – Ordem de Sant’Iago da Espada (Comendador)
Doutor Henrique Veiga-Fernandes – Ordem de Sant’Iago da Espada (Comendador)
Dra. Isabel Silveira Godinho – Ordem de Sant’Iago da Espada (Comendador)
Dr. Pedro Mexia – Ordem de Sant’Iago da Espada (Oficial)
Prof. Doutor Vítor Cardoso – Ordem de Sant’Iago da Espada (Oficial)
Doutora Zita Martins – Ordem de Sant’Iago da Espada (Oficial)
Alexandre Farto (Vhils) – Ordem de Sant’Iago da Espada (Cavaleiro)

Ordens Nacionais

Mestre António Lagarto – Ordem do Infante D. Henrique (Grande-Oficial)
Júlio Pereira – Ordem do Infante D. Henrique (Grande-Oficial)
António Zambujo – Ordem do Infante D. Henrique (Comendador)
Carlos Gil – Ordem do Infante D. Henrique (Comendador)
Dr. João Diogo Pinto – Ordem do Infante D. Henrique (Comendador)
Dr. Felipe Oliveira Baptista – Ordem do Infante D. Henrique (Comendador)
Eng. Francisco Lopes – Ordem do Infante D. Henrique (Comendador)
Eng. Francisco Maria Pinto Balsemão – Ordem do Infante D. Henrique (Comendador)
José Pracana – Ordem do Infante D. Henrique (Comendador)
Nuno Baltazar – Ordem do Infante D. Henrique (Comendador)
Nuno Gama – Ordem do Infante D. Henrique (Comendador)
Dra. Sara Pereira – Ordem do Infante D. Henrique (Comendador)
Maestro Dinis Sousa – Ordem do Infante D. Henrique (Cavaleiro)
Bruno Neto – Ordem da Liberdade (Cavaleiro)
APAV – Associação Portuguesa de Apoio À Vítima – Ordem da Liberdade (Membro Honorário)

Ordens de Mérito Civil

Doutor Arlindo Marques da Cunha - Ordem do Mérito Empresarial – Classe do Mérito Agrícola (Grã-Cruz)
Dr. António Travassos - Ordem do Mérito (Grande-Oficial)
Dr. João Pedro Mendes de Almeida Lopes - Ordem do Mérito (Grande-Oficial)
Professor Orlando da Costa Lourenço - Ordem do Mérito Empresarial – Classe do Mérito Agrícola (Grande-Oficial)
Eng. António Manuel Leitão Borges – Ordem do Mérito (Comendador)
Dr. Francisco José da Conceição Espadinha – Ordem do Mérito (Comendador)
Hernâni Almeida – Ordem do Mérito (Comendador)
Dr. José Mário de Almeida Cardoso – Ordem do Mérito (Comendador)
Dra. Maria Teresa Osório Mesquita Montes – Ordem do Mérito (Comendador)
Prof. Doutor Francisco Artur de Vaz Tomé Laranjo – Ordem da Instrução Pública (Comendador)
Dra. Ana Paula Rafael – Ordem do Mérito Empresarial – Classe do Mérito Industrial (Comendador)
Eurico Manuel da Silva Ferreira – Ordem do Mérito Empresarial – Classe do Mérito Industrial (Comendador)
Dr. Miguel Pavão – Ordem do Mérito (Oficial)
Dr. Filipe Cameirinha Ramos – Ordem do Mérito Empresarial – Classe do Mérito Agrícola (Oficial)
Eng. Luís Sabbo – Ordem do Mérito Empresarial – Classe do Mérito Agrícola (Oficial)
Dr. Miguel Neiva - Ordem do Mérito Empresarial – Classe do Mérito Comercial (Oficial)
Mestre Miguel Pina Martins - Ordem do Mérito Empresarial – Classe do Mérito Comercial (Oficial)
ANAFRE – Associação Nacional de Freguesias – Ordem do Mérito (Membro Honorário)