domingo, 27 de dezembro de 2015

Guiné 63/74 - P15543: In Memoriam (241): Acaba de falecer a Mãe do nosso camarada Jorge Araújo, ex-Fur Mil Op Esp da CART 3494

IN MEMORIAM

Faleceu a Mãe do nosso camarada Jorge Araújo

Amigos e camaradas, recebemos há momentos uma mensagem do nosso camarada Jorge Araújo (ex-Fur Mil Op Esp/RANGER da CART 3494, Xime-Mansambo, 1972/1974) que diz apenas:

Camaradas, 
A minha Mãe acaba de falecer
Jorge Araújo

Esta é a notícia que não gostaríamos de dar.

Nesta hora muito difícil para o nosso amigo Jorge, apenas nos podemos solidarizar com a sua dor.

Ficamos à sua disposição para divulgar, logo que chegue ao nosso conhecimento, o local onde a sua Mãe ficará em Câmara Ardente, assim como hora, data  e local do funeral.

Lembramos que o Jorge mora em Almada.

Para o Jorge o nosso abraço solidário, e os nossos pesares para toda a família da malograda senhora.
____________

Nota do editor

Último poste da série de 21 de novembro de 2015 Guiné 63/74 - P15390: In Memoriam (240): Faleceu o Mário Rodrigues Silva ‘Nascimento’ [1950-2014], ex-soldado da CART 3494 (Xime-Mansambo, 1971/74)... Era um "sem-abrigo", esteve seis meses num lar da Figueira da Foz (Jorge Alves Araújo)

10 comentários:

admor disse...

Que descanse em paz.

Um abraço de solidariedade.

Adriano Moreira

Anónimo disse...

Sentidos pêsames.
Que descanse em paz.
Um abraço,
BS

Hélder Valério disse...

Meu caro Jorge, meu amigo

Como certamente podes calcular, tal situação não me deixa indiferente, pelo que expresso aqui a minha solidariedade, o meu abraço fraterno e os votos para que descanse em paz.

Hélder Sousa

José Botelho Colaço disse...

Sentidos pêsames, a vida é um ciclo, de certeza que fizeste tudo para a última partida em paz.

José Carlos Gabriel disse...

Os meus sentidos pêsames. Temo o dia em que também vou ter que passar pelo mesma perda.

José Carlos Gabriel

Anónimo disse...



Camarada e amigo Jorge Araújo:

Quando morre a nossa mãe há uma corrente da nossa vida que se parte, nós os filhos, somos parte de alguém, maior do que nós, que partiu. Vamos passar a ter mais consciência da nossa mortalidade e a encarar a morte com mais serenidade e coragem, que é a última lição de vida que nos dão essas mulheres lutadoras, as nossas mães, mesmo que para nos encorajar, nos tenham prometido o céu e a eternidade. Mas sentimos um desamparo tão grande, uma dor tão forte na hora do adeus.
Um grande abraço, para te ajudar um pouco a suportar essa dor.
Francisco Baptista

Anónimo disse...

Um abraço de solidariedade.
José Câmara

Abel Santos disse...

Camarada, recebe os meus sentidos pêsames, e que a tua mãe descanse em paz. Um abraço solidário.
Abel Santos.

Sousa de Castro disse...

À Família, apresentamos o nosso voto de pesar e sentidas condolências.
A. Sousa de Castro

Tony Borie disse...

Um abraço de profunda solidariedade, para ti e toda a tua família, neste momento menos feliz e, que aquela que foi a tua mãe querida, descanse em paz.
Tony Borie