terça-feira, 26 de junho de 2018

Guiné 61/74 - P18781: Convívios (863): Encontro do pessoal da CCAÇ 2701, com homenagem ao seu Comandante, Capitão Clemente, ocorrido no passado dia 16, em Braga (Mário Migueis da Silva, ex-Fur Mil Rec Inf)

1. Mensagem do nosso camarada Mário Migueis da Silva (ex-Fur Mil Rec Inf, Bissau, Bambadinca e Saltinho, 1970/72), com data de 22 de Junho de 2018:

Caro amigo,
Após uns largos meses de silêncio, mas não de afastamento, já que continuo a acompanhar o nosso blogue com a melhor atenção, venho colocar à tua/vossa consideração a publicação de dois pequenos textos e algumas imagens alusivos ao encontro anual da CCAÇ 2701, que esteve no Saltinho em 1970/71/72 (estive com esta Companhia, de Março 71 a Fevereiro/72, após formação na Amura e estágio em Bambadinca).

Desta feita, a malta da Companhia decidiu homenagear o seu antigo comandante, o Capitão Carlos Trindade Clemente (atualmente Coronel na reserva) , homenagem essa que, por ser inteiramente justa, apoiei com o maior entusiasmo. Com efeito, sendo verdade que pela guerra colonial também passaram chefes altamente responsáveis, competentes e amigos dos seus homens, o capitão Clemente foi sem dúvida um deles. Mas, por agora, não me alongarei em exaltações, deixando que o discurso final, que estou a anexar, fale por si. Se me for dada oportunidade, voltarei ao assunto mais tarde, talvez em jeito de crónica sobre a minha passagem pelo Saltinho (e não só), que ainda tem muito que se lhe diga.

O segundo texto (Distinção e Louvor) refere-se à condecoração (em jeito de brincadeira) do ex-Furriel Miliciano Vagomestre da Companhia, Bernardino Alves, o qual já merecera a distinção em Junho/2017, em Seia, sua terra-natal, mas que, por incúria minha – esqueci-me da medalha em casa – só agora recebeu a tão merecida insígnia. Para evitar misturas inconvenientes, gostaria que este último texto, que te remeterei num segundo e-mail, fosse publicado em data posterior. E, como em Seia, em 2017, foi distribuído pela malta um exemplar de “O Saltitão”, o jornal da CCAÇ 2701, que, a convite do Capitão Clemente, tive a honra e a pouca vergonha de criar, enviar-te-ei a respetiva capa ou, se assim entenderes, todas as páginas – tenho, pelo menos, os dois primeiros números completos –, que publicarás, ou não, a teu bel-prazer.

Da minha passagem pela Guiné, disponho ainda de algumas fotografias minhas e diversas imagens extraídas de publicações militares, que gostaria de enviar-te, mas devidamente legendadas e, eventualmente, com textos, ainda que breves, anexos. Fá-lo-ei logo que possível, ficando, obviamente, à tua/vossa consideração, o interesse e a oportunidade da respetiva publicação no nosso sempre estimado blog.

Um grande abraço,
Mário Migueis

********************

Homenagem 

No passado dia 16 do corrente mês de Junho, no cimo do Sameiro, em Braga, decorreu mais um dos encontros anuais dos ex-combatentes da CCAÇ 2701, que, ao longo dos anos 70 a 72, assentaram arraiais no paradisíaco recanto guinéu do Saltinho. 

E, por entenderem estes que talvez a importância histórica de Bracara Augusta estivesse à altura de tão relevante e significativo ato, ali fizeram questão de homenagear o seu jovem comandante, cujos valores humanos, inteligência e capacidade de liderança, só puderam merecer-lhes a maior admiração e respeito. 

Para tentar verter em palavras esse mesmo sentimento sincero que o homenageado lhes inspirou, e bem assim a gratidão que unanimemente lhe é reconhecida pelo bem-estar e pela segurança que lhes soube proporcionar num teatro de operações de elevado grau de dificuldade e risco, elaboraram e subscreveram os seus homens o pequeno texto, que, imediatamente à publicação da sua fotografia, se passará a reproduzir.

Coronel Carlos Trindade Clemente

Homenagem

Pobrezita, senhor, a língua lusa,
Carente de palavras mais exatas
Com que se exprimir a nossa musa
No obrigado ao Belo, que retratas.

Ainda assim, senhor, ainda assim, aqui queremos deixar patente o nosso reconhecimento pelo teu carater de Homem Grande, pelas tuas capacidades de liderança, pelas elevadas competências que tão bem soubeste aplicar em prol da missão que um dia nos foi confiada.

A determinação e a coragem, que sempre te caracterizaram, em determinação e coragem transformaram os nossos medos e ansiedades, levando-nos a um desempenho do qual, graças a ti, só podemos orgulhar-nos. Indicaste-nos os caminhos, seguimos-te sem hesitações. Burilaste-nos comportamentos, tornámo-nos melhores e mais fortes. Darias a vida por nós. Daríamos a vida por ti. Um dia nos levaste. Um dia nos trouxeste. De bem com o nosso sentir. E em segurança. Como sempre desejaste mais que tudo.

Por seres o que és. Por seres o que foste. Bem hajas, Capitão Clemente. E que a Senhora do Sameiro te abençoe. E te bendiga. E te proteja. Com o mesmo cuidado e empenho com que sempre protegeste os teus soldados.

Braga, 16 de Junho de 2018

(Seguem-se as assinaturas de todos os ex-combatentes da CCAÇ 2701 presentes)



Alguns de "Os 3 SSS do Saltinho" com o Capitão Carlos Clemente na primeira fila, ao centro

Em primeiro plano, o Marques, nosso anfitrião, que, com o Belarmino Alves, ao centro, constituiu a Comissão Organizadora do evento – parabéns, rapazes!

... E que a Senhora do Sameiro te abençoe. E te bendiga. E te proteja… “ – palavras de todos, na voz do Mário Migueis

O ex-alferes miliciano Fernando Mota no uso da palavra, durante a homenagem ao comandante da CCAÇ 2701 – no final do discurso, faria a entrega ao homenageado de uma belíssima placa prateada, alusiva ao ato. Ao fundo, medalha de “Serviços Distintos” ao peito, atribuída, um ano atrás, em Seia, sua terra natal, o ex-furriel miliciano Belarmino Alves, vagomestre da Companhia.

Olhos e ouvidos bem atentos aos inflamados discursos.

“…veio de longe, de muito longe, o que ele andou para aqui chegar..." – o grande Calado, que, embora esteja emigrado no longínquo Canadá, não falta a nenhum destes afetuosos encontros.

Gente valente, de antes quebrar que torcer.
____________

Nota do editor

Último poste da série de 21 de junho de 2018 > Guiné 61/74 - P18763: Convívios (862): XXXIX Encontro do Pessoal da CCAV 2639, dia 30 de Junho de 2018 na Carapinheira, Montemor-o-Velho

2 comentários:

paulo santiago disse...

Com pena minha,não pude estar presente no encontro da CCaç 2701 da qual guardo gratas recordações.Já da CCaç,que substituiu aquela prefiro esquecê-la.
Actualmente,a minha filha , a minha neta,e o meu genro,encontram-se em Cabo Verde,e eu andei pela ilha de Santiago desde o dia 21 de Maio a 25 de Junho.
Grande abraço ao Clemente e restantes camaradas da 2701.

Santiago

Tabanca Grande disse...

Miguéis, tenho boas recordações de ti, do tempo que passaste, em trânsito, por Bambadinca. E também da rapaziada do Saltinho, em especial desta CCAÇ 2701. Fogo muito em saber da vossa afetuosa e original homenagem ao nosso capitão Clemente... Folgo em ver-te a ti e ao Fernando, nas fotos...

Bom, não percas o gás e o bom humor, manda lá os materiais que estás a preparar, para animar a malta... Voltei ao Saltinho em 2008, continua a ser um dos sítios mágicos da "nossa" Guiné... Um alfabravo, Luís