sábado, 30 de junho de 2018

Guiné 61/74 - P18795: (De) Caras (110): O 1º srgt trms ref, Henrique A. Mendes, CART 797 (Tite e Nhacra, 1965/67)



Foto nº 1> O 1º srgt trms, Henrique A. Mendes, em Tete, Moçambique, 1971 ("Penso que seja em Tete, onde ele passou mais tempo").


Foto nº 2 >  Em São  Gonçalo, Açores, com mais dois militares, em 1977



Foto nº 3 > Em São Gonçalo, Ponta Delgada, Açores, com a filha Sandra Mendes, bebé, em 1979.


Fotos (e legendas: © Sandra Mendes (2018). Todos os direitos reservados. [Edição e legendagem complementar: Blogue Luís Graça & Camaradas da Guiné]


1. Mensagem de Sandra Cristina Ferreira Alves Mendes, com data de ontem, às 15h55

Transmitirei na integra esta sua resposta (*).  E tentarei junto do "Mendes" (, meu pai sempre gostou de ser tratado por Mendes,) saber mais informações.

Ele seguiu mesmo a vida militar, sempre, até ser obrigado a reformar-se pelo tempo, como por outras razões.

Quanto à vida familiar, ele próprio, só se casou após o 25 de abril (, em 1976) e os filhos apenas vieram em 1979 (eu) e o meu irmão (1983).

Sempre fui muito agarrada ao pai, eu  era "o soldado dele", já que cresci no quartel de São Gonçalo, Ponta Delgada, Açores.

Eu sempre o conheci como 1º sargento e ele responde sempre, que sempre foi sargento, gosto de picá-lo...

Pelo que o Luís me diz, deve ter sido, na Guiné, quando ele estudou para 1º sargento... (suponho eu).

Ele bem teima comigo que era sargento... (ele sempre foi sargento!)

De cabeça está perfeitamente bem. Agradeço e manterei contacto.

Envio-lhe uma foto que tenho,  até no meu facebook, do meu pai... no ultramar.. penso que seja em Tete, Moçambique... onde ele passou mais tempo. Esta é de 1971. A outra foto é de 1979, em São Gonçalo, Ponta Delgada, Açores., comigo bébé.. E tem outra também,  em São Gonçalo, com ele  e outros militares-

2. Comentário de LG:
Obrigado, Sandra. Pelo que me contas, conheces bem a vida da tropa, já que cresceste em ambiente militar, no Campo Militar de São Gonçalo.  Ficaremos à espera de notícias do teu pai, e em particular memórias do tempo da Guiné e da malta da CCAÇ 797 (Tite e Nhacra, 1965/67). Faz-lhe bem recordar. Porque recordar é viver duas vezes.
Vejo pelo teu Face que nasceste em Ponta Delgada, em 3 de maio de 1979. E vives e trabalhas, presentemente em Vila Franca de Xira.  E que pela ascendência és ribatejana do lado do pai (Salvaterra de Magos) e estremenha do lado materno (Cadaval). É isso ? Então o teu pai (e nosso camarada) não é açoriano, fez a vida a militar depois do 25 de Abril nos Açores... Bate certo ?
Podes mandar, por email, um pequeno resumo das andanças do pai pelo Ultramar (Índia, Macau, Angola, Guiné, Moçambique...). Se ele se quiser juntar a nós, que formamos um Tabanca Grande, ficaríamos encantados... Mas tu também podes representá-lo muito bem... Temos aqui bastantes familiares de camaradas nossos, e alguns, como tu, aparecem porque os pais já não têm jeito nem pachorra para aprender a lidar com estas coisas da Internet, afinal já yão elementares como saber mandar e receber um email... Fica aqui o convite...
_____________
Nota do editor:

Sem comentários: