segunda-feira, 11 de julho de 2016

Guiné 63/74 - P16291: Revisitando o "chão fula", e ligando o passado com o futuro (Patrício Ribeiro, Impar Lda) - Parte IV: A Canjadude dos Gatos Pretos, a CCAÇ 5



Foto nº 1 >  O brasão dos Gatos Negros, a CCAÇ 5


Foto nº 2 > O Patrício Ribeiro junto aos restos do aquartelamento


Foto nº 3 > Aqui foi, durante toda a guierra, a casa dos "Gatos Pretos"


Foto nº 4 > A carrinha da Impar Lda junto a uma das famosas pedras de Canjadude


Foto nº 5 > Uma das pedras (rcohedos) de Canjadude donde se vê a tabanca


Foto nº 6 A  > A tabanca de Canjadude,. em  primeiro plano o centro de saúde


Foto nº 6 > Vista da tabanca de Canjadude


Guiné-Bissau > Região de Gabu > Canjadude> Julho de 2016

Fotos: © Patrício Ribeiro (2016). Todos os direitos reservados. [Edição: Blogue Luís Graça & Camaradas da Guiné]


1. Mensagem do nosso grã-tabanqueiro Patrício Ribeiro, de 68 anos de idade, português de Águeda, vivido, crescido, educado e casado em Angola, Nova Lisboa / Huambo, antigo fuzileiro naval, que retornou ao "Puto" depois da descolonização, fixando-se entretanto na Guiné-Bissau, há 3 décadas, país onde fundou a empresa Impar Lda, líder na área das energias alternativas; é um daqueles portugueses da diáspora que nos enchem de orgulho e nos ajudam a reconciliarmo-nos com nós mesmos e afugentar o mau agoiro dos velhos do Restelo, dos descrentes, dos pessimistas...

Para ele, e todos os demais portugueses da diáspora, da Guiné-Bissau a Timor, um alfabravo verde-rubro do tamanho do mundo... Para o Cherno Baldé que, findo o jogo Portugal-França, nos telefonou emocionado a dizer: "Viva Portugal! Parabéns, Portugal!"... O golo da vitória foi marcado por um "patinho feio" chamado Éder, nascido em Bissau...


Data: 8 jul 2016



Assunto - O que o tempo leva, e o que fica para sempre, as pedras...


Boas,

Junto algumas fotos (em duas partes), de "peças de museu!, não quero fazer concorrência com outros fotógrafos…

Das minhas visitas na Zona Leste (*), lá vão mais algumas fotos.

Primeiro, de Candjadude,e depois de Piche

O que resta dos abrigos do "antigo quartel tuga" [, que foi sede até ao fim, da CCAÇ 5, os "Gatos Negros"].

Onde muitos se abrigaram... As pedras que ninguém leva... Onde muitos passaram noites e noites de G3 na mão...

Onde tenho que subir, para apanhar rede para o telemóvel,  E de onde se pode ver a tabanca... Em 1º plano está o Centro de Saúde  (fotos nº 6 e 6A].

Em Canjadude, como em Piche, como largas dezeanas de tabancas do antigo !ch
ão fula", estamos agora a colocar água potável para a população.

Nestes passeios na nossa viatura, conseguimos por vezes ouvir a RTP África através do emissor de Gabú. Esta semana fiquei surpreendido com a entrevista que a locutora do PAIGC, no tempo da luta, na Rádio Liberdade, deu ao Delegado da RTP África em Cabo Verde.

Que já naquele tempo, uma das músicas que passavam, para animar os combatentes do PAIGC, era a "Grândola Vila Morena", do Zeca Afonso, que também serviu para o 25 de Abril...

Abraço

Patricio Ribeiro
«impar_bissau@hotmail.com



Guiné > Região do Gabu > Canjadude > CCAÇ 5 >  Guião dos "Gatos Pretos"



Guiné > Região do Gabu > Canjadude > CCAÇ 5 > 1974 > Os últimos dias dos "Gatos Pretos": o pessoal da tabanca teve autorização para ficar com os bidões vazios. Foi uma verdadeira corrida para ver quem conseguia ficar com eles.

Fotos (e legendas):© João Carvalho (2006). Todos os direitos reservados. [Edição: Blogue Luís Graça & Camaradas da Guiné]

___________________

4 comentários:

Tabanca Grande disse...

E Viva Portugal, viva o Patinho Feio, o Éder, nascido em Bissau...

Tabanca Grande disse...

A França tinha um carrasco famoso, cujo nome está irónica e tristemente associado à "guilhotina", na época da “revolução francesa”, Joseph-Ignace Guillotin (Saintes, 1738 — Paris, 1814).

Agora tem outro, no século XXI, chamado Dimitri Payet. Foi o carrasco do nosso CR7, Ronaldo.
A Wikipédia descreve-o nestes ternos irónicos: Florent Dimitri Payet (Saint-Pierre, 29 de março de 1987) é um futebolista francês que atua como kickboxer. Atualmente, joga pelo West Ham United.

https://pt.wikipedia.org/wiki/Dimitri_Payet

Tabanca Grande disse...

Seguramente que os "Gatos Pretos" da nossa Tabanca Grande (e eu estou-me a lembrar, assim de repente, do Joâo Carvalho e do José Martins...), vão ficar felizes por poderm "revisitar" Canjadude, graças ao "pai dos tugas", o Patrício Ribeiro, que está a montar painéis solares por todo o leste da Guiné-Bissau...

Tabanca Grande disse...

Bolas, seria uma tremenda injustiça não relembrar aqui outro grã-tabanqueiro,
José Corceiro* (ex-1.º Cabo TRMS, CCaç 5 - Gatos Pretos -, Canjadude, 1969/71)!...

Zé, o que é feito de ti ?