segunda-feira, 27 de março de 2017

Guiné 61/74 - P17181: Parabéns a você (1228): Armando Pires, ex-Fur Mil Enf do BCAÇ 2861 (Guiné, 1969/71); Carlos Vinhal, ex-Fur Mil Art MA da CART 2732 (Guiné, 1970/72); Eduardo Magalhães Ribeiro, ex-Fur Mil Op Especiais do BCAÇ 4612/74 (Guiné, 1974) e Maria Dulcínea (Ni), Amiga Grã-Tanbanqueira




____________

Nota do editor

Último poste da série de 25 de Março de 2017 > Guiné 61/74 - P17176: Parabéns a você (1227): Rui Silva, ex-Fur Mil Inf da CCAÇ 816 (Guiné, 1965/67)

28 comentários:

Chapouto disse...

Muitos parabéns para os aniversariantes muitas felicidades e um dia feliz na companhia de toda a família são os votos sinceros deste amigo
Um forte abraço
Fernando Chapouto

Abel Santos disse...

Para os aniversariantes os meus parabéns, com um abraço.

Hélder Valério disse...

Caríssima Dulcineia
Caros amigos Armando, Carlos e Eduardo

Aqui estou a apresentar as minhas felicitações pelos vossos aniversários, votos de boa saúde e um beijinho de parabéns para a Dulcineia (com a devida autorização do Henrique...), e abraços para os restantes....

Hélder Sousa

Anónimo disse...

Para os aniversariantes os meus parabéns e muita saúde.
Um abraço
Ernestino Caniço

manuel amaro disse...


Caros Aniversariantes

Parabéns.
Votos de muitas felicidades.
Hoje e todos os dias.

Quatro Abraços

Manuel Amaro

admor disse...

Caríssima Camariga e Camarigos Aniversariantes,

Muitos parabéns e um dia com tudo de bom.

Muita saúde, felicidades e um grande abraço para cada.

Adriano Moreira

José Ferreira disse...

Parabéns para os aniversariantes!
Votos de muitas felicidades.
Abraço do
JF Silva

Anónimo disse...

Para os camaradas aniversariantes seguem os meus votos de que tenham um excelente dia, pleno de coisas boas, como saúde, afecto e boa disposição.

PARABÉNS... E MUITOS ANOS DE VIDA.

Um abraço do

Jorge Araújo.

J. Armando Almeida disse...

Parabéns aos aniversariantes.
Votos de boa saúde. Um abraço.
J. Armando Almeida

Anónimo disse...

Tenham um dia feliz todos os aniversariantes e muitos parabéns.
Álvaro Vasconcelos

Juvenal Amado disse...

Aos quatro camaradas quero desejar um dia muito feliz junto dos seus e que ele se repita por muitos e muito anos

Parabéns
Parabéns
Parabéns
Parabéns

E um grande abraço

Joaquim Cruz disse...

Parabéns aos aniversariantes do dia boa saúde e muitas felicidades são os meus votos

Um abraço

J.Cruz

Cherno AB disse...

Um forte abraco de parabens aos aniversariantes, votos de saude e felicidades na caminhada p'ra frente, marcha!

Cherno AB

Anónimo disse...

Grande e forte abraço, para todos.

Saúde !!!,

Jorge Rosales

José Nascimento disse...

Aos aniversariantes muitos parabéns. Um abraço de amizade.

José Botelho Colaço disse...

Para os aniversariantes parabéns e saúde da boa.

Manuel disse...

Parabéns aos quatro aniversariantes.
Felicidades e muita saúde para todos.

Manuel Reis disse...

Parabéns aos quatro aniversariantes. O desejo de um belo dia para todos vós.

forte abraço.

Anónimo disse...


Um abraço de parabéns a todos os quatro. Felicidades e muita saúde.

Francisco Baptista

José Marcelino Martins disse...

Abraço de parabéns.

Anónimo disse...

Um abraço transatlântico de parabéns para todos os aniversariantes. Votos de muita saúde e felicidades.
Jos Câmara

Manuel Luís Lomba disse...

Parabéns e feliz aniversário. Por muitos, prósperos e felizes.
Manuel Luís Lomba

Cesar Dias disse...

Aos aniversariantes deixo um forte abraço.
Desejo-lhes as maiores felicidades nesta vida.

César Dias

Torcato Mendonca disse...

O meu abraço aos Aniversariantes,

Saúde e Paz.

Ab.T.

Anónimo disse...

A todos os Aniversariantes envios os meus parabéns e desejo-lhes muitas felicidades com muita saúde para que revivam este dia por muitos e bons anos.

JPicado

Anónimo disse...

A todo este belo naipe de aniversariantes, as minhas felicitações e votos de longa vida com boa saúde e patacão que baste.

Ao amigo Carlos Vinhal desejo ainda que mantenha a perseverança e a... paciência.

Um abraço de parabéns para todos.

António Murta.

Carlos Vinhal disse...

Para os camaradas e amigos tertulianos que por qualquer meio se me dirigiram manifestando o seu contentamento pela minha caminhada nesta vida, o meu muito obrigado. Também nestes dias é bom sabermos que temos amigos e que eles se lembram de nós.
Sempre ao vosso dispor, o camarada e amigo
Carlos

Carlos Vinhal disse...

Recebi do nosso camarada e amigo Mário Vitorino Gaspar esta mensagem que não posso deixar de postar aqui sob a forma de comentário:

Carlos
Só agora tive conhecimento do teu Aniversário.
Espero que este dia se repita por muitos anos.
Há que comemorar estes dias em todos os anos com alegria, saúde e amor.
Mais velhos? Velhos são os trapos…
Coincidência, no dia 28 fez 18 anos a minha neta Raquel Gaspar.
Parabéns
Mário Vitorino Gaspar


Aniversário

Fernando Pessoa
Álvaro de Campos

No TEMPO em que festejavam o dia dos meus anos,
Eu era feliz e ninguém estava morto.
Na casa antiga, até eu fazer anos era uma tradição de há séculos,
E a alegria de todos, e a minha, estava certa com uma religião qualquer.

No TEMPO em que festejavam o dia dos meus anos,
Eu tinha a grande saúde de não perceber coisa nenhuma,
De ser inteligente para entre a família,
E de não ter as esperanças que os outros tinham por mim.
Quando vim a ter esperanças, já não sabia ter esperanças.
Quando vim a olhar para a vida, perdera o sentido da vida.

Sim, o que fui de suposto a mim-mesmo,
O que fui de coração e parentesco.
O que fui de serões de meia-província,
O que fui de amarem-me e eu ser menino,
O que fui — ai, meu Deus!, o que só hoje sei que fui...
A que distância!...
(Nem o acho...)
O tempo em que festejavam o dia dos meus anos!

O que eu sou hoje é como a umidade no corredor do fim da casa,
Pondo grelado nas paredes...
O que eu sou hoje (e a casa dos que me amaram treme através das minhas
lágrimas),
O que eu sou hoje é terem vendido a casa,
É terem morrido todos,
É estar eu sobrevivente a mim-mesmo como um fósforo frio...

No tempo em que festejavam o dia dos meus anos...
Que meu amor, como uma pessoa, esse tempo!
Desejo físico da alma de se encontrar ali outra vez,
Por uma viagem metafísica e carnal,
Com uma dualidade de eu para mim...
Comer o passado como pão de fome, sem tempo de manteiga nos dentes!

Vejo tudo outra vez com uma nitidez que me cega para o que há aqui...
A mesa posta com mais lugares, com melhores desenhos na loiça, com mais copos,
O aparador com muitas coisas — doces, frutas o resto na sombra debaixo do alçado —,
As tias velhas, os primos diferentes, e tudo era por minha causa,
No tempo em que festejavam o dia dos meus anos...

Pára, meu coração!
Não penses! Deixa o pensar na cabeça!
Ó meu Deus, meu Deus, meu Deus!
Hoje já não faço anos.
Duro.
Somam-se-me dias.
Serei velho quando o for.
Mais nada.
Raiva de não ter trazido o passado roubado na algibeira!...

O tempo em que festejavam o dia dos meus anos!...

Obrigado, Mário
Carlos Vinhal