quarta-feira, 6 de abril de 2011

Guiné 63/74 - P8054: Parabéns a você (237): Joaquim Mexia Alves, ex-Alf Mil Op Esp da CART 3492; Pel Caç Nat 52 e CCAÇ 15, Guiné 1971/73 (Tertúlia / Editores)

PARABÉNS A VOCÊ

DIA 6 DE ABRIL DE 2011

JOAQUIM MEXIA ALVES

No dia em que o nosso camarada Mexia Alves, um dos nossos "maiores" tertulianos, completa mais um de muitos anos que tem pela frente, não puderam uns quantos camaradas deixar de colaborar no seu poste de aniversário, ajudando assim o editor de serviço.


1. Comecemos pelo nosso designer oficial Miguel Pessoa que primorou na qualidade e na quantidade:





2. De Alcobaça para Monte Real, do nosso camarada e amigo JERO:

PARABÉNS Joaquim Mexia Alves,

«Os homens que amam a terra, que amam a sua terra, são sempre homens grandes, leais, sinceros, frontais, honestos, amigos do seu amigo».

Tu, Joaquim, és sem dúvida um desses homens.
E é um privilégio ser ter amigo e poder no dia em que celebras o teu aniversário natalício juntar a minha “palavra” e o meu testemunho de amizade a todos – e são muitos – que te estimam.

Parabéns Joaquim. Que contes muitos.


Para terminar esta breve mensagem queria pôr-te ao peito uma “condecoração”.
Reúnes todos os requisitos para ser “Alferes Honorário” da minha CCaç 675, que foi uma Companhia de elite louvada pelo Comandante militar em O.S. nº. 60, de 23 de Julho de 1965 do C.T.I.G. pela notável eficiência, entusiasmo e bravura como cumpriu a sua missão.

Meu irmão de armas e de ideais em sentido te saúdo… sentidamente.
Um grande abraço de Alcobaça,
JERO


3. De José Belo, nas belas terras geladas do norte da Europa, directamente para Mexia Alves, seu amigo de colégio:

Tendo em conta que as nórdicas têm fama por esse mundo fora, não só pela sua beleza, mas também por serem... "muito dadas", aqui segue deste extremo-extremo Norte Escandinavo um perfeito exemplar das ditas. (Com a vantagem de, com os muitos anos que já vamos fazendo, e, sem óculos...).


 O que enviar mais a um companheiro de Colégio, camarada da Guiné, e amigo muito especial de todos os seus amigos? A um homem com um coração do tamanho do seu corpo?

Um longo e sincero abraço de PARABÉNS do
José Belo.


4. E, do nosso camarada Alcides Moreira da Silva, esta "curta-metragem":



5. De Jorge Canhão, em descarada concorrência ao nosso ilustrador de serviço:



6. Utilizando a melhor técnica da TSF, do camarada Hélder Sousa:

O Mexia Alves faz anos…
Acreditem, não conhecia o Mexia Alves, não sou contemporâneo, nem conterrâneo, nem, provavelmente, teríamos no passado muita coisa em comum.
Aliás, é bem mais certo dizer que talvez tivéssemos alguma coisa em comum, mas pouco, poucochinho….

E, de repente (talvez até nem tanto assim ‘de repente’, talvez mais do género de ir devagar mas com consistência), por via da Guiné, por via do facto de algures no tempo termos estado ambos na Guiné, por consequência disso acompanharmos o Blogue que em tão boa hora o Luís Graça entendeu fazer, alguns dos nossos passos acabaram por se cruzar. Era inevitável.

Alguns dos seus escritos, alguns dos seus poemas, algumas das suas posições, levaram-me a dedicar-lhe mais atenção, mais observação e, hoje, expurgado que estou de tentações de sectarismo e/ou de ‘certezas’, sinto-me bastante ‘irmanado’ com o Mexia, de que temos público conhecimento.

É certo que, por vezes, surge com alguma truculência, com alguma aparente irritabilidade mas, e há sempre um mas, o que prevalece são as suas posições de solidariedade, o homem ‘amigo do seu amigo’, de lágrima fácil, capaz de despir a sua camisa para confortar alguém. É justo (procura sê-lo) nas suas observações, é capaz de se retratar quando verifica que errou (ou que pode ter magoado alguém involuntariamente) e até já foi capaz de reconhecer aqui no nosso Blogue que contribuímos para o ajudar a ser mais moderado (embora ‘certos’ temas ou opiniões ainda o façam ‘saltar a tampa’, mas menos…, mas menos).

A minha opinião sobre o Mexia é então a de que se trata de um amigo inquestionável, daqueles de quem parece que conhecemos desde sempre, daqueles com quem se pode discutir e discordar porque a verdadeira amizade não está em se ser cópia de alguém mas sim em se poder aceitar diferenças e, com elas, criar pontes.

Hoje é o seu dia de aniversário e à semelhança do que aqui se tem feito, é oportuno deixar umas palavras sobre o que dele pensamos.
Por mim, o melhor possível e está nas linhas acima.

Dá gosto contá-lo e tê-lo como amigo!
Parabéns!
Hélder Sousa


7. Do Pirata de Guileje Manuel Augusto Reis:

Meu bom amigo Mexia Alves:
Hoje é dia de recordar a data do teu Aniversário e manifestar toda a minha consideração e estima por um grande Homem que pelo muito que nos deu na Tabanca do Centro e por inerência na Tabanca Grande. Dedicado, voluntarioso,  és um exemplo para todos nós.

Vejo em ti um camarigo frontal, dizes o que sentes e o que te vai na alma; não te escondes atrás dos Baga-Baga.
Grande Comandante!

Entre nós, não são as ideologias políticas que nos separam, a frontalidade de análise das situações aproximam-nos e unem-nos para causas mais úteis.
Grande Comandante!

Recordo o dia em que, numa ida à Tabanca de Matosinhos para partilhar com o Manuel Maia a alegria do lançamento do seu livro, no regresso, encontrámos, na Área de serviço Antuã, o Comandante de Quartel de Artilharia do Porto. Para meu espanto tu conhecias todos os cantos daquela casa, salvaguardas as modificações qiue se efectuaram no período de 40 anos. Parecia que as funções estavam trocadas!
Grande Comandante!

Parabéns!
Um forte abraço.
Manuel Reis


8. Do nosso camarada António José Pereira da Costa para o seu amigo nem sempre de acordo com ele:

Eu não sabia que o Mexia era um gajo tão velho! O gajo tá mesmo jarreta.
Por isso, olha, antes que seja tarde, deixo-lhe aqui um forte abraço e o desejo de que continue a rezingar com tudo e todos, o que, além de Ranger é especialidade dele...

Um Alfa Bravo do
António Costa


9. Das terras da Maia, do camarada Manuel Maia

Do alto da imponência da estatura,
numa incessante e lógica procura,
de vida e dos desígnios que Deus quer...
Joquim Mexia, aniversariante,
(sessenta e dois passados num instante...)
mais trinta e oito a malta lhe requer...

A quem do mando tenha esse poder
de prolongar a vida a bel´prazer,
requeiro p`ro Joquim trint`oito mais...
Joaquim Mexia Alves, combatente,
um homem de coragem, resistente,
capaz d`enfrentar mundo por ideais...

Amigos, combatentes, camarigos,
de fresca data uns, outros antigos,
requerem centenário pró visado...
Se há gente que o mereça, é bem sabido,
estou certo que o pedido é deferido
pró bom gigante, cantador de fado...

Se as cores numa paleta exposta à vista,
reflectem a faceta do artista
capaz de vida à tela imprimir...
Postura digna em orbe sem valores
merece mil encómios e louvores,
lição soberba p`ro mundo seguir...

Um abraço enorme, do tamanho da nossa Guiné
manuel maia


10. Do nosso camarada José Barros:

Caro Mexia Alves
Não te conheço pessoalmente, mas a nossa Guiné e este fantástico blogue, permitiram que te conheça virtualmente e contigo partilhe momentos de alegria.

Neste dia, desejo-te um feliz aniversário junto de quantos te são queridos. Que o Senhor Jesus, te dê muita saúde, alegria e paz para enfrentar o próximo ano.

Um grande abraço e feliz aniversário.
José Barros


11. Dali pertinho, de Fátima, do nosso camarada Juvenal Amado:



12. Pelos editores:

E, chegada a vez dos editores, aqui fica o meu obrigado ao camaradão Mexia Alves pela sua amizade e pelas trocas de mensagens, muitas delas à margem do Blogue, nas quais falamos tudo, sem complexos de possíveis e ínfimas diferenças de opinião.

Em Junho tê-lo-emos de novo como nosso anfitrião no VI Encontro da Tabanca Grande, em Monte Real, onde seremos recebidos com a habitual simpatia e boa disposição.

Não posso deixar de destacar a sua colaboração para com com os editores quando nos alerta para coisas menos correctas a acontecer no Blogue, e até quando, quase zangado, nos puxa as orelhas quando também falhamos. Os amigos são assim, francos, verdadeiros e incapazes de apunhalarem pelas costas.

Caro amigo Mexia Alves, recebe um abraço e votos de uma vida plena de venturas nestes quase 40 anos que tens pela frente, até dobrares o teu centenário.

O editor de serviço,
Carlos
____________

Notas de CV:

Joaquim Mexia Alves foi Alf Mil Op Esp/Ranger na CART 3492, (Xitole/Ponte dos Fulas); Pel Caç Nat 52, (Ponte Rio Udunduma, Mato Cão) e CCAÇ 15 (Mansoa), 1971/73

Vd. último poste da série de 4 de Abril de 2011 > Guiné 63/74 - P8042: Parabéns a você (236): José Eduardo Oliveira (JERO), ex- Fur Mil Enf da CCAÇ 675 (Tertúlia / Editores)

63 comentários:

Jorge Fontinha disse...

Que este dia seja muito feliz, e se repita pelo menos por mais 35 vezes.Um brinde dum velho Porto, aqui da Régua, com o qual costumo brindar em momentos especiais.
Aquele abraço.
Jorge Fontinha

Cesar Dias disse...

Camarigo Joaquim Mexia Alves

Hoje vai ser dia de ronco, a avaliar pelo post, vais ter manga de festa. Venho também dar-te os parabéns pelo aniversário e desejar-te muita saúde para manteres essa boa disposição que aparentas. Vou tomar um copo e bridar contigo , mesmo aqui de Santiago.
Bem hajas
Um forte abraço de parabéns
César Dias

Torcat Mendonca disse...

Ai que me esqueci...

Mas com Alegria, com os meus melhores e sinceros Votos de:
Saúde; Amor; uma Vida plena de Felicidade para ti caro Camarigo,

PARABÉNS
Tudo de melhor para ti e um dia Feliz a repetir-se por longos anos

Abraço amigo do T

Fernando Gouveia disse...

Mexia Alves:

Um grande abraço de parabéns.

Fernando Gouveia

Anónimo disse...

Caro Joaquim Mexia Alves

É um prazer cumprimentá-lo neste seu dia!

É agradável constatar que é ultrapassada a sua "característica forma de ser", pelo imenso coração de que é portador.

Continue a ser como é, porque é genuíno.

Continue a cantar e encantar os seus amigos, quer quando canta, quer quando escreve.

Saúdo-o desejando-lhe uma longa e feliz vida.

Um abraço fraterno

Felismina Costa

Anónimo disse...

Camarigo Joaquim Alves

Desejo-te um dia muito feliz de Aniversário na companhia de familiares e amigos, felicidades e longa vida com saúde.

Um grande abraço de Parabéns!

Manuel Marinho

Anónimo disse...

Feliz Aniversário!...
Um abraço, com amizade,
Mário Migueis

Amsoares disse...

Camariguíssimo Joaquim:

Que passes o dia de aniversário muito feliz, com muita saúde, junto de quem mais amas.

Que contes muitos. Vou beber um copo à tua saúde.

Forte abraço de PARABÉNS do Camariguíssimo do XITOLE

Artur Soares

Luís Dias disse...

Camarigo Joaquim Mexia Alves

Os anos passam, a idade avança, mas para alguns parece que se apresentam como capazes de vencer as rugas, de dizer não ao recato do lar e vir para a rua, empunhar a bandeira, agitar e fazer valer sentimentos, dizer de sua justiça, dar a cara pelas suas convicções e acreditam que a sua razão, a sua causa, é de mérito e por isso merece o sacrifício.
Caríssimo Joaquim tu és uma dessas pessoas. É, seguramente, uma honra para o nosso blogue ter-te como um dos membros mais activos.
Neste dia em que festejas mais um aniversário, quero desejar-te um dia muito bem passado, na companhia da tua família e dos teus amigos. Que Deus te dê muita saúde e mantenha essa tua boa disposição,para nos continuares a brindar com os teus escritos e as tuas tomadas de posição.
Felicidades.
Com um forte abraço e com muita amizade
Luís Dias

Anónimo disse...

Grande camarigo M.Alves!

Um grande abraço de parabéns, na companhia dos teus familiares, e também na n/companhia, desta grande "família" que é a n/tabanca. E continua a empenhar-te, com a tua frontalidade, com a tua generosidade, nas causas que defendes. e que, afinal, em muitos aspectos, nos são a nós, todos, comuns.
Continua firme, precisamos todos de todos, mas tu és imprescindível.
E levanto um bom tinto maduro
à tua, e também à nossa.
Um abraço forte.

Francisco Godinho.

Anónimo disse...

Joaquim,
Que belas homenagens inspiraste na Tabanca.
Gostaria de ter tido a inspiração do Miguelix ou do Helder, para além de confessar que garhgalhei com a fotografia onde o nosso general te autoriza a cantar.
Agacha-te pá!
Chega aqui a baixo para te dar um abraço e desejar-te muitas alegrias.
JD

António Tavares disse...

Camarigo M Alves,
Parabéns a você nesta data querida...
PARABÉNS.FELICIDADES.SAÚDE.EXCELENTE DIA NA COMPANHIA DA FAMÍLIA E AMIGOS.
Um abraço especial neste dia.
António Tavares
Galomaro 1970/72

antonio graça de abreu disse...

Meu caro Joaquim Mexia Alves

Homem grande, homem bom, homem brilhante, meu Amigo,
Parabéns e Dez Mil Felicidades.

António Graça de Abreu

Silva da Cart 1689 disse...

Parabéns para o Camarada Mexia Alves. Um abraço do Silva

Anónimo disse...

Camarigo Joaquim

Um dia feliz e alegre nesta data festiva,partilhado com a Familia e Amigos,e que tenhas uma longa vida com saúde e com paz.

Vou brindar à tua saúde

Um forte abraço de parabéns.

António Marques

José Marcelino Martins disse...

Caro Joaquim

O "Balanço e contas" não me dão descanso, pelo que não consegui dar um ar diferente aos votos de felicidade.
Passa um dia feliz e um grande abraço.

Anónimo disse...

Muitos PARABÉNS pelo teu aniversário. Tenho a certeza que passarás um dia bem feliz, com uma Grande Tabanca a rodear-te física e virtualmente. Posso garantir-te que assino a petição para durares até aos 100 anos, proposta pelo Maia.
Um abraço,
Raul Albino

Anónimo disse...

Meu caro Joaquim,

Não que não mereças muito mais, mas este ano fico-me por este simples comentário de parabéns, desejando que o momento se repita por muitos e bons anos em companhia de quem mais desejares.
Sou sincero, então se o não desejasse como ficaria o nosso caldinho, como diz o Miguel?
Que este dia seja diferente, para melhor.
Um grande abraço de parabéns.
BSardinha

Anónimo disse...

Comandante da Tabanca do Centro,
Camarigo Mexia Alves,

Quem me dera ter a inspiração de Miguelix Strelix, para te escrever uma coisa bonita e diferente!

Mesmo que fosse capaz por aí não me quedaria, pois a amizade não se anuncia, pratica-se na constância do dia a dia e é em todas as situações da vida que prevalece.

Tu também o sabes, e nesse sentido, só tenho de reiterar o meu obrigado pela nossa amizade e expressar a minha prontidão para o que de mim precisares.

Parabéns Joaquim

Camarigamente, do meu Buarcos lindo,hoje cheio de luz, um abraço

Vasco A. R. da Gama

Anónimo disse...

Lindas homenagens, bem merecidas.
Feliz aniversário.
Abraço amigo
Filomena

Anónimo disse...

Camarigo Joaquim Mexia Alves

Parabéns!
Felicidades!
Votos de longa vida, com muita saúde e bons amigos

Um Abraço

Manuel Amaro

António Martins Matos disse...

Caro amigo
Muitos parabéns, que passes um dia em boas companhias, e que repitas a cena por longos anos.
Cá de Lisboa levanto o copo num brinde a condizer.
Abraço
AMM

Anónimo disse...

Parabéns Amigo Mexia Alves.

MAIS UM

Amilcar Ventura

Aníbal Xavier Magalhães disse...

Caro Mexia Alves:

Que tenha um dia muito feliz.
Um abraço

Aníbal Xavier Magalhães
(Bissum-Naga)1969-1970

Luís Graça disse...

Grande calmeirão e camarigo Joaquim:

A vida é feita de nadas... Lembras-te ? Miguel Torga, o poeta da terra da Giselda Pessoa, São Martinho de Anta, concelho de Sabrosa, Alto Douro Vinhateiro...

A vida é feita de nadas,
De grandes serras paradas
À espera de movimento;
De searas onduladas pelo vento;

De casas de moradia,
Caídas e com sinais
De ninhos que outrora havia
Nos beirais;

De poeira;
De sombra de uma figueira;
De ver esta maravilha:
Meu pai a erguer uma videira
Como uma mãe que faz a trança à filha.

Miguel Torga

... Pois é, a vida é feita de nadas, incluindo ritos e ritmos (circadianos), o eterno retorno... Nascemos e renascemos todos os anos... Por isso o dia de anos é um dia especial, que ninguém nos pode tirar... como não pode tirar a vida!

Nunca tive, contigo, a relação de "trabalho" que tens com o Vinhal, já que os dois têm estado na organização dos nossos três últimos encontros nacionais,desde portanto 2009... Mas tenho a mesma relação de "cumplicidade", de apreço e de amizade, que nasceram aqui no blogue e nas lides bloguísticas, e claro, do cordão umbilical das memórias que nos prendem à "Guiné, o nosso fado"...

A minha maneira "original" de dar os parabéns a SEXA, é lembrar duas coisas, que têm a ver a memória do nosso blogue, e portanto, de uma já vasta galeria de amigos, camaradas e camarigos... Foste tu, depois do Humberto Reis e do Carlos Vinhal, a inaugurar esta série "Parabéns a você" (em 6 de Abril de 2009)... E vou relembrar o que Carlos te escreveu ma altura e que eu continuo a subscrever hoje...

Porque a vida, Joaquim, é "feita de nadas", é feita também de "palavras", das palavras (e dos silêncios) dos "camarigos"...

Luís

PS1 - Sendo tu um homem de fé, que Deus te abençoe e te dê muita saúde e longa vida.

PS2 - (Vai noutro comentário a seguir, já não cabe aqui)

Luís Graça disse...

(Continuação)


PS2 - Do Carlos Vinhal, editor de serviço em 6 de Abril de 2009:

"(...) Falar dele é fácil e difícil. Fácil, porque não é preciso estar a inventar para enumerar as suas qualidades de cidadão e amigo. Difícil, porque acabamos por pecar por defeito.

"Há poucos dias dizia ele que entre nós os dois se criou uma empatia muito grande, aquando da organização do último Encontro da Tertúlia. Foi fácil e aconteceu normalmente. Ele no terreno, contactando o restaurante e organizando tudo para que o Encontro corresse da melhor maneira, como correu, e eu apenas secretariando, organizando a papelada, parte para que ele, confessou, tinha pouco ou nenhum jeito.

"O entendimento entre nós foi imediato, não sendo preciso mais que meia dúzia de telefonemas e alguns mails. Do resultado, melhor que o vosso testemunho não há.

"O contacto que tivemos naquele dia e uma pequena tertúlia espontânea com alguns camaradas, acontecida numa esplanada de café, à noite, em Monte Real, deixou claro a pessoa que é, e como é fácil criar com ele amizade. Os presentes discutiram a guerra da Guiné e, aqui e ali discordaram, mas respeitaram-se e apertaram as mãos como verdadeiros camarigos.

"Pessoa leal no confronto verbal, não fugindo à polémica quando se trata de defender os seus pontos de vista, respeitador da opinião dos seus antagonistas de ocasião, extremamente correcto no trato, o Joaquim é uma pessoa agradável e afável. Sendo uma figura muito conhecida em Monte Real, onde a sua família tem tradição, não vi nele qualquer ar de vaidade. Foi preciso eu perguntar-lhe se o homenageado num memorial existente no Jardim de Monte Real era seu familiar. Respondeu que sim, que era o seu pai, mas sem entrar em pormenores quanto ao passado daquela figura marcante de Monte Real e do Distrito de Leiria" (...)

http://blogueforanadaevaotres.blogspot.com/2009/04/guine-6374-p4146-parabens-voce-3-no-dia.html

6 de Abril de 2009
Guiné 63/74 - P4146: Parabéns a você (3): No dia 6 de Abril de 2009, ao camarigo Joaquim Mexia Alves, ex-Alf Mil Op Esp, Guiné 1971/73 (Editores)

Vd. também

20 de Dezembro de 2007 > Guiné 63/74 - P2367: Parabéns a você (1): Humberto Reis, CCAÇ 12 (Bambadinca, 1969/71): born in Portugal, December 19th, 1946 (Luís Graça)

27 de Março de 2009 > Guiné 63/74 - P4084: Parabéns a você (2): Carlos Vinhal, nosso co-editor, um rapaz de Leça, que desmontava minas em Mansabá (Luís Graça)

Anónimo disse...

Ó Joaquim!
Só te conheço daqui, no nosso portentoso blogue. És grande em tudo...Pela foto, pareces-me uma daquelas figuras de ilustres portuguese que estão magistralmente retratadas nos Trípticos de Nuno Gonçalves...Afinal, ainda há portugueses de gema...como os de Quinhentos. Ah! E conheci-te...ouvi-te, atentamente, nas "Tardes da Júlia"...Descula a indiscrição...a teu favor!...
Parabéns. Que contes muitos com saúde e essa força toda, no meio da gente...
Um grande abraço
Joaquim Luís Mendes Gomes

paulo santiago disse...

Grandalhão no Corpo e na Alma
Um grande abraço de Parabéns
Sê Feliz!

Manuel disse...

Caro Joaquim Mexia Alves,
Que passes este dia de aniversário com muita alegria, paz e amor na companhia dos teus familiares.
Muita saúde e boa disposição.
Um abraço de parabéns
Manuel Resende

jose almeida disse...

Camarigo Mexia Alves

Um grande dia para ti e todos os que te são queridos.
Que tenhas muita saúde e paciência,para nos receber em Monte Real,por muitos e longos anos.
Um abraço do camarigo.

Fernando Almeida

alma disse...

Ah! Se eu tivesse adivinhado que existia um Joaquim quase a chegar ao Mato Cão..teria permanecido em Missirá..Irias lá comer uma caldeirada de macaco e após uma soneca no fresquinho da fonte,partirias comigo à conquista do Tudo.E assim um Alferzão e um Alferzinho avançariam ganhando batalhas e batalhas..até a Dacar..Estás a ver como seria diferente?Paciencia..Fica para hoje,Amigo,porque ganhámos e conquistámos esta AMIZADE.
Grande Abraço de PARABÉNS!

Jorge Cabral

alma disse...

até Dacar..pois e não a.

Desculpai o preciosismo deste

Alfero Cabral

antonio barbosa disse...

Companheiro Mexia Alves
Desejo do fundo do coração que passes um optimo dia de aniversário
na companhia de quem mais desejares.
Um grande abraço
ANTONIO BARBOSA

admor disse...

Grande Camarigo, Comandante
Joaquim Mexia Alves

Muitos parabéns e um dia com tudo de bom.

Muita saúde!

Um grande abraço.

Adiano Moreira

Rui Silva disse...

Caro Mexia Alves(Gente do alto):
Recebe um grande abraço de parabéns e que uma boa saúde e bem-estar se perpetue na tua pessoa durante muitos aniversários e dias subsequentes.
Registo com muito agrado este teu dia.
Muita felicidade para ti e teus.
Rui Silva

Anónimo disse...

Caro Camarigo Joaquim Mexia Alves

Votos de um dia muito feliz, com muita saúde e muita alegria.
Que este dia se repita por muitos anos.

Um grande Abraço

Artur Conceição

Anónimo disse...

Camarigo Joaquim

Aqui vai para o Régulo da tabanca do centro um grande abraço de parabens.

Eduardo Campos

Anónimo disse...

Grande Camarigo Mexia Alves

Que passes um dia muito feliz na companhia dos teus familiares e amigos.
Desejo-te tudo de Bom para ti e os teus e que possas, como pede o MMaia chegar aos 100.

Desculpa-me este desabafo agora...só 62? Que saudades sinto desse numero, mas enfim, também já os festejei.

Um grande e sincero abraço de parabéns

Jorge Picado

Zé Teixeira disse...

Mais um abraço camarigo Mexia Alves.

Como não somos nada sem felicidade,desejo-te a maior das felicidades, certo que a saberás distribuir pelos qaue te rodeiam.
Abraço fraterno do
Zé teixeira

J.Belo disse...

Só 62 anos? Afinal o teu Irmäo e eu éramos bem velhinhos no Colégio em relacäo a alguns "putos" que por lá andavam!(Olha que "isto" é só...inveja!). Mais um grande abraco por este dia.

Hugo disse...

Camarigo
Que passes um dia muito feliz e gozes a amizade de todos os que te são queridos
Abraço do
Hugo Guerra

Anónimo disse...

Camarigo J.Mexia Alves
Feliz Aniversário, com manga di Ronco e batuque na tua morança.
Manga di saúde para Bó.
Mantenhas
Luís Borrega

mario gualter rodrigues pinto disse...

Caro Mexia Alves


O GRANDE camarigo que hoje é pequenino, pelos seus 6+aninhos.

Desejo-te um Feliz Aniversário, e que este dia se repita por mais, muito mais anos.

Um Grande abraço de Parabéns


Mário Pinto

Anónimo disse...

Caro amigo Mexia Alves,

Neste dia de aniversário aqui deixo o meu forte abraço de parabéns ao homem de bem e temente a Deus que és.

Que as asinhas (açorianas) do IDES e o manto de Santo Cristo dos Milagres de cubram e a todos aqueles que te são queridos.

Haja saúde amigo,

José Câmara

António disse...

Caro Joaquim Mexia Alves

Como não podia deixar de ser, tens mais um, mas este é jovem, esperamos que muitos mais lhe venham fazer companhia e que todos nóa os possamos acompanhar.

FELIZ ANIVERSÁRIO

PARABÉNS
Um abraço
António Paiva

Anónimo disse...

Amigo Mexia Alves

Um grande abraço e SAÚDE

Jorge Rosales

CART 3494 - Xime e Mansambo DEC71/ABR74 & camaradas da Guiné disse...

Também não me podia esquecer de dar os meus sinceros parabéns ao Mexia Alves, quero que esta data se prolongue por muitos anos.

Parabéns!!

Sousa de Castro

Chapouto disse...

Grande companheiro e amigo muitos parabens pelo teu aniversário e muitas felicidades na companhia de toda a família
E para o ano cá estarei a desejar-te mais um se Deus quiser
Um forte abraço

Fernando Chapouto

Anónimo disse...

Camarigo MEXIA ALVES

Espera só um bocadinho...
....pronto, já subi para cima de uma cadeira. Um abraço de PARABENS.
Alberto Branquinho

Anónimo disse...

“Para o meu amigo Luís Graça: Estes quatro livros são memória do meu pai. Ofereço-tos como prova de um profundo apreço pelo teu trabalho em prol da união dos combatentes da Guiné e testemunho de uma amizade verdadeira. Monte Real, 26 de Junho de 2010”…

Reprodução da dedicatória (manuscrita) do J. Mexias, exarada no livro “Monte Real, no passado e no presente, da autoria de Olympio Duarte Alves (1955) (reimpressão de 1989, no 1º centenário do autor, que nasceu ainda no Século XIX).


Quero sublinhar aqui o gesto do nosso aniversariante de hoje, e dizer-lhe quanto ele é um “homem de palavra(s)”, tal como o seu pai, amante do convívio e da tertúlia, e um dos pioneiros do termalismo em Portugal (a concessão de Monte Real remonta a 1916, se não erro).

E que lhe retribuo, aqui, publicamente, sob a forma de manifestação do meu apreço e da mimnha amizade. Quero igualmente sublinhar o seu papel no reforço da coesão da nossa Tabanca Grande, que está viva e é animada por gente viva.

Luís Graça

PS - Joaquim, não consegui dizer-te isto de viva voz... Não estiveste contactável por telemóvel durante o dia... Um bom resto de festa com todos os teus... Vou também celebrar os anos (33) da minha Joaninha, a minha filha mais velha... Junto ao Tejo, que o rio da minha aldeia...

raulbras1946@gmail.com disse...

Caro Amigo Mexia Alves.Muitos parabéns pelo seu aniversário,Que conte muitos e bons na companhia de todos os seus e de quem mais desejar.Um grande abraço deste MAIORAL. Raul Rolo Brás.

Anónimo disse...

Ganda Joaquim, meu Alferes Honorário
Nunca pensei que os festejos do teu aniversário desequilibrassem tanto a dívida pública…
Ficas portanto ligado ao pedido de ajuda externa!
Apetece-me no entanto dizer - para memória futura - que única coisa boa deste “histórico” dia 6 de Abril…foi o teu aniversário.
Digo eu, que sou mais velho…e não sou de intrigas.
Um grande abraço de Alcobaça
JERO

João Carlos Silva disse...

Camarigo Mexia Alves,
Parabéns e daqui brindo a que contes muitos mais, felizes, na companhia dos que te são queridos.
Um abraço,
João Carlos Silva

Anónimo disse...

Caríssimo camarigo Mexia Alves:

Não importa se sempre se concorda, importante é reconhecer que és um de nós, que falas sempre com muito envolvimento emocional, seriedade e num tom muito solidário, das questões que nos dizem respeito.És, seguramente, um dos melhores tabanqueiros e todos te devemos isso.
Quero que vivas por muito tempo e muito bem aconchegado por aqueles que amas.
Um Abraço Grande

Carvalho de Mampatá

Jorge Narciso disse...

Carissimo Joaquim

Cheguei agora mesmo à Festa e pelo que parece num lugar tipo maratonista em fim de carreira:
53ª lugar, para além dos "introdutórios".
Mas quero lá saber do posicionamento em que te deixo este longo abraço.
Cruzámo-nos, efectivamente, penso que très vezes e sempre na tua amada terra, que aliás pisei pela primeira vez por tua única e exclusiva causa, quer dizer da Tabanca que em bom momento aí "erigiste".
No "eter" os cruzamentos foram incontavelmente mais, começando pela cerveja virtualmente solicitada ao "Dimas" (era assim o nome não era ?) e efectivmente deglutida na "da D. Preciosa", com seguimento das tuas "frondosas" intervenções nesta Tabanca maior, que nos vai unindo, nomeadamente quando a tua caneta se dispõe a versejar.
"Inopinadamente" (assenta lá esta) fui muita vezes impelido a comentar.
Sempre concordante com o conteudo?
Nem sempre, naturalmente, e nem me arrisco a fazer estatistica dos lados em que a minha opinião se sitou em cada caso.
Mas já em relação à forma, explicitando, à forma de ser e de sentir que indelevel e determinantemente deixas em cada um dos teus escritos, o meu posicionamento é esmagadoramente cumplice.

Estranha ou contraditória afirmação ? Não para quem teve o prazer de, mesmo que fugazmente, contigo conviver.

Disse-te num dos últimos comentários a um Post teu:
Faz o favor de não mudares nunca e independentemente das concordancias ou discordancias que enformam as nossas maneiras de pensar, aqui o reafirmo.

Recebe um fraternal abraço de Parabens e o sincero desejo de que continues a usufruir de tudo o que te dá mais prazer do

Jorge Narciso

Anónimo disse...

Camarigo Joaquim Alves

Feliz aniversario.Um grande abraço de parabens.

Vasco Ferreira

Joaquim disse...

De um Joaquim (Peixoto) para outro Joaquim (Mexia):
Um dos dons da vida é o facto de cada um de nós encontrar razões para estar grato por essa vida.
Hoje, dia em que festejas mais um aniversário quero enviar-te um abraço de parabéns e desejar-te que encontres sempre uma razão para viver.
Parabens
Joaquim Peixoto

José Manuel Corceiro disse...

Caro Mexia Alves

Dia de aniversário! Dia em que comemoras mais um ano de vida e os familiares e amigos, nesta data com mais carinho, se lembram de ti e te expressam votos de felicidade e tudo de bom pela vida fora.
Também eu me associo e desejo, que a jornada que hoje inicias a percorras com serenidade, paz de espírito, amor e saúde.

Parabéns e felicidade.

Um abraço

José Corceiro

Anónimo disse...

PARABÉNS AO HOMEM GRANDE!

Um abraço do tamanho do Mato Cão até ao Cumbijã d nosso Almirante.

Mário Fitas

Anónimo disse...

Parabéns meu grande camarigo
Cheguei atrasado, mas a intenção é que vale. Que faças muitos, com saúde, paz e amor...
Abração Henrique Matos

Anónimo disse...

Meu Caro Camarigo.
Por motivos alheios á minha maneira de ser,cheguei atrazado.Mas não vou deixar de enviar um grande abraço de parabéns.tudo de bom para ti e agregado familiar.
Caetano Cuntima 71/72

Luis Faria disse...

Caro Mexia Alves

As voltas e revoltas do mar vida acontecem e equanto duram podem por vezes levar-nos a afastar do disfrutar de rotinas agradáveis, como a de visitar este nosso espaço de convívio.

Em mares mais tranquilos,retomo hoje esse prazer a que acresce um outro,o de te dar um forte abraço de parabens,ainda que com atraso,e de te desejar um Tudo de bom com saúde,independencia e paz.

Luis Faria

Pedro Neves disse...

Camarigo J.Mexia Alves,
Vão atrasados, os votos de Parabens, mas não me foi possivel, no teu dia de Aniversário(06-04),
poder eviar aquele Araço, acompanhado do grito Raaannnnnger, iààà!!! (Um Ranger, nunca está atrasado,porque gere o tempo!!!).
Espero que tenhas passado um óptimo dia, junto de Familiares e Amigos.
Um Abraço Camarigo e até dia 04-06(Capicua da data do teu Aniversário),em Monte Real.
J.Pedro Neves