quinta-feira, 3 de agosto de 2017

Guiné 61/74 - P17646: Agenda cultural (577): "Heróis que o tempo não apaga", palestra de capitão Aveiro, o escritor Valdemar Aveiro, Clube de Vela da Costa Nova (CVCN), Costa Nova do Prado, Ílhavo, 18 de agosto de 2017, às 21h30


Palestra baseada no livro do ilhavense Valdemar Aveiro, mais conhecido por Capitão Aveiro, "Heróis que o tempo não apaga: um conto real de vida", obra que acaba de ser editada, em maio último, pela Fundação Gil Eanes, com sede em Viana do Castelo.

São histórias e memórias da faina diária a bordo de um lugre bacalhoeiro, contadas na primeira pessoa do singular, por quem viveu de perto esta nossa odisseia coletiva, a pesca do bacalhau à linha.

Apresentação a cargo de Artur Aguiar.

Local, data e hora: Clube de Vela Costa Nova (CVCN), av José Estevão, Costa Nova do Prado, Ílhavo, tele 234 369 300... No dia 18 de agosto de 2017, às 21h30.

__________

Nota do editor:

Último poste da série > 28 de julho de 2017 >  Guiné 61/74 - P17627: Agenda cultural (576): Montemor o Novo, Biblioteca Municipal, Clube de Leitura, ciclo temático "A guerra colonial", 2ª sessão: "África na Literatura Portuguesa - Um tema de uma geração", por Carlos Matos Gomes, 4 de agosto, às 18h00. Entrada livre, aberta e incentivada à participação de todos/as.

1 comentário:

Tabanca Grande disse...

Caro amigo Valdemar, com muita pena não vou poder estar na tua palestra, nesse dia tenho um almoço na nossa Tabanca de Porto Dinheiro e o jantar de anos da Alice... Mas dou-te os parabéns por mais este livro e congratulo-me com a tua energia indomável!...Gostaria de um dia poder-te trazer até esta terra que não é só a capital dos dinossauros, tem uma secular tradição de atividades ligadas ao mar, e em particular a pesca do alto... Terras como Ribamar, Porto Dinheiro, Ventosa do Mar, Marquiteira, Atalaia, Porto das Barcas... Deves ter conhecido gente da Lourinhã na tua vida de capitão da frota branca!... Vou falar com o vereador da cultura do município da Lourinhã. Um grande abraço para os nossos amigos comuns, os manos Paradela, Zé António e Tibério, sem esquecer o meu camarada Jorge Picado!

PS - Prometo passar pela Costa Nova, logo a seguir, a 20 e tal, como é costume, a caminho do Norte, Candoz, Marco de Canaveses... Pode ser que a gente se (re)encontre.