terça-feira, 15 de julho de 2008

Guiné 63/74 - P3061: Louvores e condecorações (5): António Pinto (Pirada, Madina do Boé e Beli, 1963/65)

1. Mensagem do António Pinto (1) , com data de 13 de Maio de 2007, repescada depois da limpeza (anual) à nossa arca frigorífica (leia-se : caixa do correio do Gmail) ... Não temos lata de pedir desculpa ao António e aos nossos leitores... De qualquer modo, e tal como na natureza, na nossa Tabanca Grande, nada se perde, tudo se transforma (em memórias vivas, documentação, comunicação...):




Caros Luís Graça e Carlos Vinhal : Uma vez que o meu computador esteve de "baixa" cerca de duas semanas, estive sem notícias durante este espaço de tempo.

Já li e reli, quer todas as mensagens que me foram endossadas, quer as narraçõesde vários Amigos, alguns que tive o privilégio e o prazer de conhecer em Pombal [, no II Encontro Nacional da Nossa Tertúlia, em 28 de Abril de 2007], que estão no nosso blogue.

Anexo, tomo a liberdade de enviar dois documentos, um dos meus tempos em Pirada e outro relativo aos dois louvores, dos quais me orgulho, é certo, mas que sempre tive um certo pudor em enviar por pensar que seria um acto de "vaidade".

No entanto, como reparei que certos Camaradas também enviaram os seus louvores (2), resolvi fazê-lo também.

Tenho a noção que os melhores louvores que pudemos trazer da Guiné foram as Amizades que conseguimos fazer com aqueles que duranta a nossa comissão convivemos, quer nos momentos difíceis, quer noutras ocasiões de são convívio e confraternização.

Continuo a não ver aparecer no Blogue Camaradas de 63/65, mas não perdi a esperança de ver, qualquer dia, um deles a aparecer.

Um abraço para ambos e para todos os Tertulianos e um até breve.

António Pinto


2. Mensagem mais recente, de 8 de Maio, do mesmo autor:

Caros Amigos: Após alguns meses de silêncio, por motivos óbvios (mudança de residência, computador avariado e umas pequenas "mazelas"), volto a enviar uma mensagem, unicamente para lamentar a minha forçada ausência no próximo encontro em Monte Real [, o III Encontro Nacional], e desejar que tudo decorra na mais sã camaradagem e boa disposição de todos o que tenho a certeza irá acontecer. Aproveito (se é que isso possa interessar a alguém) para enviar o meu novo endereço e novo e-mail, continuando a lamentar não encontrar na Tertúlia alguém do meu tempo e nos sítios por onde passei.

Um abraço do

António Pinto
VILA DO CONDE
Telefone: 252653094



Transcrição do louvor ao Comandante do Destacamento de Pirada, com data de 27 de Junho de 1964...


Louvor ao Alf Mil António Pinto, dado pelo Cmdt do BCAV 706, devido à sua acção valorosa durante seis meses em Beli, bem como ao seu comportamento de baixo de fogo, por ocasião do ataque ao destacamento de Beli.


__________

Notas de L.G.:

(1) Vd. postes do (ou referentes a) António Pinto:

18 de Dezembro de 2006 >
Guiné 63/74 - P1378: António de Figueiredo Pinto, Alf Mil do BCAÇ 506: um veterano de Madina do Boé e de Beli

(...) " Alguns dados sobre a minha estadia na Guiné:

(i) Embarquei em Novembro de 1963, em rendição individual. Fui substituir um colega que se pirou para o Senegal;

(ii) Estive algum tempo em Nova Lamego, tendo sido, em seguida destacado para Pirada onde reconstrui o aquartelamento.

(iii) Estive algum tempo em Geba, zona na altura um bocado perigosa, mas sem problemas.

(iv) Vim de férias em Outubro de 1964 (...);

(v) No regresso, fui destacado para Madina do Boé, tendo sido o primeiro pelotão a chegar lá onde montei o primeiro aquartelamento.

(vi) Depois fui para Beli , onde ao fim de algum tempo, e depois também de ter sido o primeiro pelotão a lá chegar e ter montado o destacamento, em Maio de 65, fomos atacados tendo aí sido ferido (mais seis companheiros) mas, felizmente ninguém morreu. Os meus ferimentos foram motivados pelo rebentamento de uma granada de morteiro, que me encheu o corpo de pequenos estilhaços, mas depois de um mês no hospital em Bissau, fiquei OK.

(vii) Depois de sair do hospital, mandaram-me para Bolama, dar instrução onde terminei a comissão" (...)



20 de Dezembro de 2006>
Guiné 63/74 - P1384: Com o Alferes Comando Saraiva e com o médico e cantor Luiz Goes em Madina do Boé (António de Figueiredo Pinto)

3 de Janeiro de 2007 >
Guiné 63/74 - P1397: Ataque ao destacamento de Beli em Maio de 1965 (António Pinto, BCAÇ 512)

17 de Janeiro de 2007 >
Guiné 63/74 - P1437: Estórias de Madina do Boé (António Pinto) (1): a morte horrível do Gramunha Marques e o ataque a Beli em que fui ferido

4 de Fevereiro de 2007 >
Guiné 63/74 - P1493: Estórias de Madina do Boé (António Pinto) (2): Eu e o Furriel Comando João Parreira

29 de Abril de 2007 >
Guiné 63/74: P1710: Tertúlia: Encontro de Pombal (2): Saudades (João Parreira / António Pinto / Vitor Junqueira)

21 de Junho de 2007 >
Guiné 63/74 - P1865: Blogoterapia (22): Adelaide Gramunha Marques, tem aqui em Monção um amigo e um irmão (António Pinto)

23 de Janeiro de 2007 >
Guiné 63/74 - P1456: Gabu: Fotos com legendas (António Pinto, BCAÇ 506 e 512) (1): Pirada e Piche

(2) Vd. último poste desta série (que tem tido pouco uso) > 27 de Outubro de 2007 >
Guiné 63/74 - P2220: Louvores e Punições (4): Louvores atribuídos ao BCAÇ 2845 e às suas Companhias Operacionais (Albino Silva)

1 comentário:

Armandino disse...

Camarada António Pinto

Também estive no Destacamento de Béli integrando o 1º Pelotão da Companhia de Caçadores 1589 com o posto de 1º Cabo Auxiliar de Enfermeiro,enquanto a restante companhia foi para Madina do Boé.
Estive lá desde Abril de 67 a Fevereiro de 68.Sofremos durante esse tempo 4 ataques felizmente sem cosequências. O destacamento era constituído por 4 edificios feitos de adobe com dois salões cada um.
Havia fora do arame farpado um edificio de tijolo e cimento todo esburacado pelas bazucas e outro mais pequeno onde guardavam a mancarra. Havia 5 abrigos em volta e dois pequenos no meio dos edificios que eram um para o serviço de transmissões e outro onde se encontrava o gerador a gasóleo.Havia também um pequeno abrigo para onde ia o Comandante do Pelotão em caso de ataque.Julgo que isto já não será do seu tempo e visto através do Google Mapas já lá nada existe.