terça-feira, 14 de junho de 2016

Guiné 63/74 - P16200: Convívios (754): Almoço do mês de Junho do pessoal da Tabanca dos Melros, realizado no passado dia 11, na Quinta dos Choupos, Fânzeres - Gondomar (Carlos Silva / Carlos Vinhal)

Quinta dos Choupos - Choupal dos Melros
Ponto de encontro da Tabanca dos Melros


1. Como é habitual no segundo sábado de cada mês, a tertúlia da Tabanca dos Melros reuniu-se no passado dia 11, à volta da mesa, no Choupal dos Melros.

Como sempre, a malta é muito bem recebida, em ambiente rural muito bem preservado, pelo anfitrião Gil Moutinho, também ele camarada combatente, que sobrevoou vezes sem conta os céus da Guiné.

Desta feita o dispositivo estava instalado no pátio interior que preserva todo o ambiente rural, ornado com diversas máquinas e utensílios agrícolas.

Reparem só neste recanto com tanta história

O nosso anfitrião lá mais ao fundo

O repasto iniciou-se com umas apetitosas entradas onde não faltou até uma feijoada com este óptimo aspecto.

Iniciadas as hostilidades, o nosso amigo e camarada David Guimarães passa ao ataque.

A ementa, sempre uma surpresa, desta vez constou de sardinha assada, ou não estivéssemos na época dos santos populares, e de fêveras grelhadas, complementado com o caldo verde da ordem.

Para fim de festa foi servida a sobremesa composta por fruta fresca e deliciosa doçaria, onde pontuava um delicioso creme queimado da preferência deste vosso editor.
Um cafezinho e um digestivo remataram mais esta jornada gastronómica.

Um aspecto da mesa. Em primeiro plano, à esquerda a Germana, esposa do Carlos Silva; a Dina Vinhal e a Rosa, esposa do Barbosa. Do lado direito a Marília, esposa do nosso camarada Angelino Santos Silva

Sempre atento, o nosso amigo Paulo, de pé, que já faz parte da família dos Melros.

Como quando a hora de comer é para todos, até estas pequenas andorinhas são alimentadas pelos pais.

Este mês esteve presente o Carlos Silva, um dos fundadores desta Tabanca dos Melros, que se deslocou expressamente de Lisboa, à sua terra Natal, Gondomar, para participar neste convívio.
São dele as fotos que se publicam.


Em Julho há mais, apontem no calendário o dia 9 e venham almoçar, talvez debaixo desta frondosa ramada. Não precisam ser "Melros", são bem-vindos todos os camaradas.

Fotos: © Carlos Silva
Texto e legendagem das fotos de Carlos Vinhal
____________

Nota do editor

Último poste da série de 9 de junho de 2016 Guiné 63/74 - P16184: Convívios (753): XII Encontro do pessoal da CART 1742 ("Os Panteras"), realizado no passado dia 28 de Maio, em Creixomil - Guimarães (Abel Santos)

2 comentários:

Anónimo disse...

Dia Maravilhoso
Bom convívio
Boa sardinhada
E para Julho há mais
Mas avisem o Gil com antecedência, pois este mês o pessoal atrasou-se e estava a ver que não arranjava sardinhas
Um abraço
Carlos Silva

Tabanca Grande disse...

Parabéns aos nossos queridos camaradas da Tabanca dos Melros, que é o único sítio de Portugal que me falta... conhecer! Do Portygal tabancal, entenda-se... Ah!, e a Tabanca da Lapónia!...

E a propósito da Islândia, quer eu dizer, da Lapónia, que é hoje uma colónia sueca ? O que é feito de ti, Zé Belo ? Sei que andas zangado connosco... A tua ex-terra é um país estranho e ingrato... Andamos zangados uns com os outros... Lê as crónmicas dos nossos grã-tabanqueiros... Vivíamos num vasto condomínio de 2 milhões de quilómetros quadrados, o administrador deixou de pagar o condomínio, estamos hoje reduzidos a um pobre T zero, de 89 mil km2... E somos já 11 milhões, fora o s que foram "expulsos" de casa e todos querem viver na varanda com vista de mar... Um dia a casa cá abaixo... Abraços grandes paar as as nossas tabancas e seus tabanqueiros,