quinta-feira, 16 de junho de 2016

Guiné 63/74 - P16209: Convívios (755): Grande ronco no 31º Convívio Anual da CART 3494 em Arcozelo – Vila Nova de Gaia (Sousa de Castro)



1. O nosso Camarada Sousa de Castro (ex-1.º Cabo Radiotelegrafista da CART 3494/BART 3873, Xime e Mansambo, 1971/74), solicitou-nos a publicação do seguinte trabalho sobre o convívio anual da sua Unidade:

GRANDE RONCO NO XXXI CONVÍVIO ANUAL DA CART 3494 EM ARCOZELO – VILA NOVA DE GAIA

No passado dia 11 de Junho de 2016, realizou-se na Vila de Arcozelo do concelho de Vila Nova de Gaia o XXXI encontro/convívio anual dos ex. combatentes da CART 3494 cujo lema é: “NA GUERRA CONSTRUINDO A PAZ”, que estiveram/prestaram ao serviço de Portugal na Guerra da Guiné, nomeadamente no XIME e em Mansambo nos anos de Dezembro e 1971 até Abril de 1974. 

Como sempre nestes casos, conforme o pessoal ia chegando, era uma azáfama de saber uns dos outros, os abraços o repetir as mesmas Estórias, a tristeza e as lamentações sobre a saúde precária de alguns, o desaparecimento de outros.

Convívio com uma boa adesão, diria até, que bateu o record em número de presenças, 104 dos quais 52 veteranos. 











Carlos Teixeira .....................Nelson Cardoso 

O repasto foi servido num restaurante local. Numa breve intervenção, o CMDT Pereira da Costa da CART 3494, para além de expressar o contentamento por estar connosco, sublinhou entre outras coisas não menos importantes, que estes encontros são um acto de cidadania, lembrou da importância das nossas esposas/companheiras, para que nunca se cansem de ouvir sempre as mesmas Estórias, porque se contam sempre as mesmas Estórias, quer dizer que é verdade, salientou da importância de passar esta mensagem aos nossos filhos e netos, para que nunca sejamos esquecidos. Houve muita animação onde não faltou a declamação de poemas, não faltando até quem se atrevesse a mostrar os seus dotes vocais e musicais.

Por fim, já no final da tarde, foi o destroçar, o regresso às suas casas com a promessa de voltar no próximo ano, será o XXXII encontro a realizar em Viseu. A organização está a cargo do Nelson Marques Cardoso e Carlos Duarte Teixeira.

Intervenção do Coronel de Artilharia na Reforma, ex, Cap. Da Cart 3494 no Xime e CART 3567 em Mansabá: 


Momento de descontração por Cmdt. Pereira da Costa:


Algumas fotos do convívio: 

  
O Pessoal da CART   


Da Esq./Drtª. António Gomes Azevedo, António Manuel Sousa de Castro, António de Sousa Bonito e Nelson Marques Cardoso


Da Esq./Drtª: Manuel Amorim do Alto, Lúcio Damiano Monteiro da Silva, Jorge Alves Araújo, Acácio Dias Correia e António Manuel Sousa de Castro


Da Esq./Drtª: António Júlio Peixoto, Acácio Dias Correia e António Manuel Sousa de Castro


Da Esd./Drtª: Manuel Henrique Moreira Martins, Eduardo Augusto da Silva (CAÇ 4512 Farim), Sousa de Castro e João Domingos de Sousa Machado


Do lado Direito o CMDT Pereira da Costa e sua Esposa


Aspecto geral da sala

Sousa de Castro
1.º Cabo Radiotelegrafista da CART 3494/BART 3873 
Junho de 2016
___________
Nota de MR:

Último poste da série em:

3 comentários:

António José Pereira da Costa disse...

Karago!
Foi um grande cumbíbio!
Se num çomos os máiores, tamos logo asseguir!
Um Ab.
António Costa

Sousa de Castro disse...

Foi sim senhor!... E então aquele fado falado com improviso à mistura... Muito bom mesmo.
Alfa Bravo,
Sousa de Castro

António José Pereira da Costa disse...

O Fado Falado é do Vilarett, o tal em tom "lencastrice silabado".
O Fado Mal Falado (é o da Hermínia Silva) que me deu um trabalhão a preparar. O improviso (à mistura) só surge quando há "brancas" e mesmo assim foram poucas...
A interpretação é minha. Como me pareceu melhor.
Os meus agradecimentos ao Acácio Correia que fez os possíveis e os impossíveis para que eu brilhasse, e conseguiu.
Estive bem, confesso. Muito bem mesmo.
Um Ab.
António J. P. Costa