terça-feira, 13 de outubro de 2015

Guiné 63/74 - P15247: Efemérides (202): Em cerimónia levada a efeito no passado domingo, em Fânzeres, Gondomar instituiu o dia 11 de Outubro como Dia Municipal do Combatente, coincidente com o dia 11 de Outubro de 1961, quando faleceu em campanha, em Angola, o primeiro gondomarense (Carlos Silva)

1. Em mensagem do dia 12 de Outubro de 2015, o nosso camarada Carlos Silva (ex-Fur Mil Inf CCAÇ 2548/BCAÇ 2879, Jumbembem, 1969/71) mandou-nos este texto alusivo à cerimónia que instituiu o dia 11 de Outubro como Dia Municipal do Combatente de Gondomar.


Instituição do Dia Municipal do Combatente de Gondomar

Nota explicativa

Amigos e Camaradas

Ex-combatentes gondomarenses há muito que aspiravam que fosse instituído na sua terra o Dia Municipal do Combatente.

Assim, desde 2009 que lançaram mãos à obra e ao longo do mandato do executivo camarário anterior, cujo presidente foi o Major Valentim Loureiro, quer por escrito quer pessoalmente em cerimónias de homenagem aos combatentes gondomarenses falecidos, fomos formulando pedidos no sentido da criação do Dia Municipal do Combatente, cuja pretensão durante o seu mandato jamais foi atendida e nunca viu a luz do dia.

Contudo, não baixámos os braços e em 2014 um grupo de camaradas apresentou uma petição aos novos protagonistas camarários, reiterando o pedido da instituição do Dia Municipal do Combatente, sendo a mesma entregue na Assembleia Municipal pelo nosso amigo e camarada António Oliveira, secretário da mesma, sendo o pedido submetido à discussão daquele órgão e sido aprovado em Novembro de 2014.

Em Março passado em Fânzeres, aquando da nossa Homenagem aos nossos camaradas falecidos onde esteve presente o Presidente da Câmara Municipal de Gondomar, Dr Marco Martins, reiterámos o pedido que teve a sua anuência.

Deste modo e posteriormente a nossa Edilidade aprovou o dia 11 de Outubro, que corresponde ao dia em que tombou em combate em terras angolanas o 1.º gondomarense dos 83 que por terras de África por lá tombaram.

Daí ser consagrado o dia 11 como o Dia Municipal do Combatente de Gondomar, honrando assim o Dr Marco Martins o compromisso assumido em Março passado.

Assim, ontem teve lugar na Praça Heróis de Ultramar em Fânzeres, Gondomar, a 1.ª celebração do Dia Municipal do Combatente e a Homenagem aos combatentes falecidos na Grande Guerra; na Guerra do Ultramar e noutras operações em que Portugal participou, promovida pela Câmara em colaboração com o Núcleo do Porto da Liga dos Combatentes, bem como uma exposição de material de transmissões do Regimento de Transmissões do Porto.

Durante a cerimónia o Núcleo do Porto da Liga dos Combatentes, presidido pelo Cor Belchior impôs medalhas das Campanhas de África a alguns combatentes.

Apesar da chuva que se fez sentir, todos ali presentes mantiveram-se firmes até ao termo das cerimónias.
____________

Fotos do evento:


Fotos 1 e 2 - Duas perspectivas do Monumento aos Combatentes do Concelho de Gondomar erigido em Fânzeres

Foto 3 - Autoridades civis e militares que presidiram à cerimónia

Foto 4 - Presentes os Porta-Guiões dos Núcleos da Liga dos Combatentes do Marco de Canaveses, Matosinhos e Porto

Foto 5 - Descerramento da Placa que assinala o Dia Municipal do Combatente de Gondomar

Foto 6 - Coronel José Belchior, Presidente do Núcleo do Porto da Liga dos Combatentes, usa da palavra em nome do Gen Chito Rodrigues que não se pôde deslocar a Gondomar.

Foto 7 - O Dr. Marco Martins, Presidente da Câmara Municipal de Gondomar dirigindo-se aos presentes


Fotos 8 e 9 - Momentos da imposição de Medalhas Comemorativas das Campanhas a Combatentes da Guerra do Ultramar


Fotos 10 e 11 - Deposição de Coroas de Flores na Placa alusiva ao Dia Municipal do Combatente

Foto 12

Foto 13 - Antes e durante a cerimónia esteve patente uma exposição de material de transmissões do Regimento de Transmissões do Porto.
____________

Texto: Carlos Silva
Selecção das fotos e legendas: Carlos Vinhal
Fotos:
1 a 8; 10 e 11 - Câmara Municipal de Gondomar, com a devida vénia
9 - Carlos Vinhal
12 e 13 - Carlos Silva
____________

Nota do editor

Último poste da série de 11 de outubro de 2015 > Guiné 63/74 - P15238: Efemérides (201): Hoje faz anos o Catroga, ex-1.º Cabo Enfermeiro da CCS do BCAÇ 3872 (Juvenal Amado)

5 comentários:

Anónimo disse...

Caros Combatentes:
Está de parabéns o nosso camarada Carlos Silva, estão de parabéns os combatentes gondomarenses e estão de parabéns todos os combatentes. Já vínhamos a homenagear, anualmente, os nossos irmãos que tão cedo perderam as suas vidas por uma causa discutível, mas por uma causa. Agora passámos a fazê-lo, sempre no dia 11 de Outubro, numa data de grande significado para Gondomar, com a envolvência do próprio município, através da Câmara Municipal.
Um abração

Carvalho de Mampatá

Hélder Valério disse...

Caro amigo Carlos Silva

O teu relato do desenvolvimento dos actos que levaram agora à instituição do "Dia Municipal do Combatente" é bem revelador de que a chave para o sucesso é a persistência.
Sem ela, as coisas arrastam-se e até podem nem acontecer.
Parabéns para os gondomarenses, e para ti, Carlos, em particular.

Quanto às fotos, que ilustram o evento, tem na última, com os equipamentos das Transmissões, uma viatura, com um aparelho ao alto que é semelhante ao radiogoniómetro com que trabalhei.

Hélder S.

Anónimo disse...

Caro amigo Carlos Silva,
Os dois comentários anteriores já disseram quase tudo.
Na verdade, muito tem sido feito e muito há para fazer por esse Portugal fora. E tudo seria tão simples se cada Município tivesse um pelouro dedicado a estas causas.
Abraço transatlântico.
José Câmara

Carlos Silva disse...

Amigos e Camaradas

Os parabéns não podem ser para mim, mas para todos os gondomarenses e em particular para os contribuidores da causa dos ex-combatentes gondomarenses.
Pois o Monumento do Soldado erigido em Honra dos Heróis de Ultramar,foi inaugurado em 1971 e creio que nessa altura ainda não havia no país um monumento com esse simbolismo.
Em 2008 foi implantado o memorial com os nomes dos 83 gondomarenses tombados por terras de África, na sequência de um frutuoso trabalho levado a cabo por 7 ou 8 camaradas que prestaram a sua comissão em Moçambique.
E só agora é que surge a consagração do Dia Municipal do Combatente de Gondomar, após uma persistência sem tréguas, mas pelo que me é dado a observar, haja boa vontade dos edis políticos ou não, a instituição do dia do combatente municipal,é um acto fácil de aprovação.
Desde 2009 que vimos homenageando os nossos camaradas, tal como refere o Carvalho e começamos com um convívio na freguesia dele, Medas e depois rumámos para Fânzeres e nos anos seguintes passámos a efectuar a homenagem no 1º sábado de Março.
Esta luta também se deve aos combatentes que se reúnem desde o ano referido à sombra da Tabanca dos Melros.
É pena e lamentável que n combatentes gondomarenses que pululam por aí nos sites, blogues, faces etc não participem neste gesto de solidariedade aos seus amigos e conterrâneos e muitos até demonstram indiferença, pois é como se não se passasse nada com eles.... enfim...
Um abraço a todos os camaradas
Carlos Silva

Manuel Agostinho disse...

Parabens Carlos Silva e parabens Gondomar
Há muito que admiro o v/Monumento assim como mais tarde passei a admirar o v/Memorial.
Não sabia que o Monumento ainda era do tempo da Guerra. Tenho que felicitar os que deram esse passo na época, para que hoje faça parte da História desse concelho,lembrando o esforço desta geração, que lentamente da lei da morte se vai libertando.
Parabens aos que ainda podem admirar o reconhecimento que lhes é feito. Tantos por este País fora ainda esperam algo que simbolize o esforço que fizeram, mas infelizmente alguns politicos não querem que a sua terra faça parte da História de
Portugal.
Um grande abraço Gondomarenses
Ribeiro Agostinho.