terça-feira, 23 de outubro de 2007

Guiné 63/74 - P2206: A nossa Tabanca Grande e As Duas Faces da Guerra (9): Saí do filme muito melhor comigo (Virgínio Briote)

Guiné > Bissau > 1965 > A equipa de comandos do Alf Mil Virgínio Briote desembarca do heli, pronto para a acção.

Foto: © Virgínio Briote (2006). Direitos reservados.

1. Com a autorização do co-editor Virgínio Briote (1), transcreve-se a seguir o mail que ele enviou à Diana Andringa, co-realizadora do filme "As Duas Faces da Guerra":


Gostei muito do vosso trabalho. Do seu e do Flora Gomes (2). Da Diana estou habituado a ver obras empenhadas, sem faltar ao rigor. Do Flora, vi dois filmes que passaram na RTP. Por isso, não foi surpresa, para mim, a qualidade que mostraram.
Das Duas Faces da Guerra, alguém pode dizer que é um trabalho de um face e meia. Porquê? Porque da nossa presença mostra apenas a face da guerra. Não mostra nada do outro trabalho que foi feito junto das populações. Casas, assistência médica, higiene, alimentação. Muitos dizem que em 11 anos de guerra se fez mais pela população que nos séculos anteriores. Mas esse facto também fazia parte da guerra. Fazia parte da chamada psico-social. Não digo aquela que era determinada pelas Neps militares. Era a que os nossos militares, localmente, podiam fazer por eles e para eles e que se estendia à população. Claro que isso não foi muito mostrado. Nem provavelmente era esse o objectivo do documentário e 1 hora e 40 minutos é 1h40', não dá para tudo.

O documentário é belo, saí da lá como gostaria de ter saído. Com mais paz dentro de mim e se fosse possível a gostar ainda mais daquela gente. Saí de lá em 1967. Pertenci a uma força ofensiva, quando íamos para o mato o nosso objectivo era destruir o então chamado IN.

Deixei a Guiné mal comigo. A odiar-me e a procurar esquecer a Guiné e aquelas gentes. Nos anos a seguir, envolvido na minha actividade profissional, quando alguém falava da guerra colonial, o assunto não me dizia respeito. Eu não queria lá ter estado, por isso eu não estive lá. Como se quisesse esconder de mim próprio o facto de ter lutado empenhadamente do lado errado.

Ver aquela gente falar sem rancor, aqueles a quem eu acordava de madrugada com tiros e granadas, foi uma lição para mim. Não me absolveu, mas como escrevo atrás saí de lá melhor comigo.
Que mais posso dizer, Diana? Que gostei, é tudo.

vb
____________

Nota do editor L.G.:

(1) Vd. post de 11 de Julho de 2007 > Guiné 63/74 - P1943: Virgínio Briote, novo co-editor do blogue

Blogue do Virgínio Briote > Guiné, Ir e Voltar - Tantas Vidas Guiné. Ir e voltar. 1965 e 1967. Histórias baseadas em factos reais, mas vistas por um certo olhar. Outras vistas por esse olhar e que mais ninguém viu . (Fevereiro de 2006 / Fevereiro de 2007).

Aqui fica um cheirinho de um dos blogues mais intimistas sobre a experiência, humana e operacional, de um oficial miliciano, comando, na Guiné...

Fevereiro 26, 2006

Um guia

22. TRADIÇÃO É PARA QUEBRAR TAMBÉM!

Tinha sido capturado numa emboscada que a tropa fizera junto a Mantida. Ouvira um tuga, branco de barba preta, dizer a outro, amarra o gajo, amarra-o já, eu vou-me àquele. Nem sentira as cordas que lhe prenderam nas mãos, que as pernas não precisavam. Deitaram-no numa maca, camisa e calças em sangue, atordoado, só se lembrara que caíra para trás, sem forças. Deram-lhe uma injecção, nem sentira, só vira a seringa na mão do soldado de cigarro na boca, cinza a cair por ele abaixo. Adormecera logo, mal o transporte arrancou. (...)


(2) Vd. post anteriores:

22 de Outubro de 2007 > Guiné 63/74 - P2202: A nossa Tabanca Grande e As Duas Faces da Guerra (8): Voltei a Cufar e a chafurdar nas bolanhas e rios de maré (Mário Fitas)

22 de Outubro de 2007 > Guiné 63/74 - P2200: A nossa Tabanca e As Duas Faces da Guerra (7): Comentário de Inácio Silva, da CART 2732, Mansabá, 1970/72

21 de Outubro de 2007 > Guiné 63/74 - P2199: A nossa Tabanca Grande e As Duas Faces da Guerra (6): A crítica de Leopoldo Amado

21 de Outubro de 2007 > Guiné 63/74 - P2198: A nossa Tabanca Grande e As Duas Faces da Guerra (5): Agradecimento de Diana Andringa

20 de Outubro de 2007 > Guiné 63/74 - P2197: A nossa Tabanca Grande e As Duas Faces da Guerra (4): Encontro tertuliano no hall da Culturgest na estreia do filme (Luís Graça)

19 de Outubro de 2007 > Guiné 63/74 - P2196: A nossa Tabanca Grande e As Duas Faces da Guerra (3): Para a petite histoire do filme (Diana Andringa)

18 de Outubro de 2007 > Guiné 63/74 - P2189: A nossa Tabanca Grande e As Duas Faces da Guerra (2): Febre de guerra ? Espero pelo filme em DVD (Torcato Mendonça)

17 de Outubro de 2007 > Guiné 63/74 - P2187: A nossa Tabanca Grande e o filme As Duas Faces da Guerra (1): Estou interessado em comprar o DVD (Fernando Inácio)

Ver ainda:

19 de Outubro de 2007 > Guiné 63/74 - P2194: Pensamento do dia (13): É na guerra que se revela o pior e o melhor das pessoas (Diana Andringa, Visão, nº 763, de ontem)

17 de Outubro de 2007 > Guiné 63/74 - P2186: Uma guerra, duas vitórias: entrevista de Diana Andringa à RTP África (Luís Graça)

8 de Outubro de 2007 > Guiné 63/74 - P2165: As Duas Faces da Guerra, filme-documentário de Diana Andringa e Flora Gomes, no DocLisboa2007 (18-28 Outubro 2007)

Sem comentários: