sexta-feira, 21 de outubro de 2016

Guiné 63/74 - P16625: (De)caras (47): Apresentação ontem, na A25A, em Lisboa, do livro do Paulo Salgado, "Guiné: crónicas de guerra e amor"... As primeiras fotos.


Foto  nº 1 >  Na mesa, da esquerda para a direita, o editor, António Lopes. o autor, o nosso camarada Paulo Salgado;  o anfitrião, cor inf Vasco Lourenço, o apresentador da obra, Rogério Rodrigues, poeta e jornalista, amigo de infância do autor; e por fim o prefaciador Mário Tomé (, cor cav ref).


Foto nº 2 > O autor, ladeado do filho mais velho, Ramiro Salgado, e do neto. Contou também com a presença da filha, Paula Salgado (que é bióloga, investigadora em Inglaterra) e, claro, com o amor da sua vida, Conceição Salgado, além de muitos amigos e camaradas, incluindo malta da Tabanca Grande.


Foto nº 3 > Dedicatória ao filho, Ramiro Salgado (que vive em Vila Nova de Gaia)


Foto nº 4 > O autor escreve uma dedicatória ao seu antigo comandante, o ex.cap cav Mário Tomé

Lisboa > Associação 25 de Abril > Rua da Misericórdia,  95 > Sessão de lançamento do livro do Paulo Cordeiro Salgado, "Guiné: crónicas de guerra e  amor" (Lema d' Origem, Editora, Carviçais, Moncorvo, 2016, 230 pp.).

Fotos (e legendas): © Luís Graça (2016). Todos os direitos reservados. [Edição: Blogue Luís Graça & Camaradas da Guiné]
________________

4 comentários:

Anónimo disse...

Seria diminuta a assistência? Não tiveram "direito" a fotografia?
Que diferença para o lançamento postado antes e referente a livro lançado em Gaia.
Enfim...
MB

Anónimo disse...


Paulo Salgado
22 out 2016 08:45

Meu caro Luís Graça,

A "festa" - como tu disseste - não é minha. É de todos e de tudo quanto vi e vivi. De vós, camaradas muitos que calcorrearam as bolanhas e a matas e do sofreram nós e os guineenses.
Obrigado pelas palavras. Sobretudo, obrigado por teres vindo.
A mensagem de que o livro pretende ser portador é para que olhemos para trás a pensar que "isto" deve ser para não esquecer e que sirva de exemplo - modestamente o digo - para que haja mais solidariedade, algo a que tenho procurado dar um simples contributo nestas andanças por África.

Um abraço.

Paulo Salgado

Logo que tenho o texto do Rogério, mando-to.
Agora segue o "poema simples" em anexo.

Tabanca Grande disse...

Caro leitor MB:

A sala estava cheia, também não é um salão. Eu fiquei de pé, como outros amigos e camaradas que fizeram questão de estar no sessão de lançamento de um amigo e camarada. Espero que alguém tenha tirado fotos à assistência. Fiz vídeos e filmei a assistência. Logo que tiver tempo, ponho-os no You Tube, na conta da nossa Tabanca Grande.

Tabanca Grande disse...

Paulo:

Aí tens algumas fotos que tirei... Vão em dois mails... Da assistência, da tua família e das intervenções, do Roerio Rodrigues e da tuam tenho vídeos extensos que só mais tarde te posso mandar, têm que ser que carregados no You Tube e editados.

Paulo, quer dar.te os parabéns, já fizeste dois filhos, plantaste uma árvore, escreveste um livro, como diria o Eça... Tiveste uma boa sala na A25A (que é má, do ponto de vista da acústica)... Gostei muito de falar com a tua filha, é uma "mulher de armas"... O teu filho é a tua cara chapada... A tua São estava felicíssima... Enfim, um família de que te
deves orgulhar e a quem tu estás grato (e tens razões para isso)...

A festa era tua, não quis roubar-te o tempo de antena... Foi tudo "just in time". A capa do livro está bonita, já li alguns pedaços... Toda a gente sabe que escreves bem, que és um apaixonado da língua portuguesa, ou não tivessses sido profgessor, antes da tropa e da guerra, e da administração hospitalar... Mas o que eu estou a descobrir é o teu talento narrativo...

Que o bom irã do poilão do Maqué, entretantp nos proteja a todos!...

Um xicoração para todos/as, da família Salgado. Luis

PS -Gostei também de conhecer (e de falar com) o teu amigo médico, nascido em Bolama, dr. Celestino Costa, "mano" do Pepito e também cofundador da AD). Tenho o contacto dele. Podias "apadrinhar" a sua entrada na Tabanca Grande...